[ editar artigo]

Você está acabando com a sua felicidade fazendo isso

Você está acabando com a sua felicidade fazendo isso

Hoje eu quero falar sobre um assunto que une todos os seres humanos. É uma necessidade básica universal da nossa espécie, independentemente de onde moramos, nossa profissão ou dos nossos objetivos.

Estou falando da nossa busca pela felicidade.

Eu, você e todas as pessoas do mundo temos uma coisa muito simples em comum: todos queremos ser felizes. Essa necessidade é tão profunda e tão antiga que eu diria que ela define a experiência humana e a nossa história.

São muitos os caminhos que a gente trilha em prol desse objetivo: acumular riquezas, expandir nosso círculo de amigos, viajar por lugares desconhecidos do mundo, praticar yoga e meditação, fazer curso de soft skills... a lista é gigante e só cresce. Afinal das contas, cada pessoa tem sua própria maneira de alcançar a felicidade. Tenho certeza que você também tem a sua.

Mas e se eu te dissesse que você está literalmente acabando com a sua felicidade e bem-estar com esse comportamento super simples que você repete todos os dias?

Em 2010, os psicólogos da Universidade de Harvard Matthew Killingsworth e Daniel Gilbert realizaram um estudo com mais de 2 mil pessoas. O estudo era o seguinte: em horários aleatórios do dia, as pessoas tinham que registrar em um aplicativo o que elas estavam fazendo naquele momento e o nível de concentração delas.

Depois de analisar os dados, os pesquisadores descobriram que a maioria das pessoas não está focada no momento presente com uma frequência alarmante: 47% do tempo. Em outras palavras, metade das horas que a gente está acordado nós gastamos perdidos dentro da nossa cabeça, sem nem prestar atenção no que está acontecendo a nossa volta.  

Se essa ideia ainda não te assustou, tenho certeza que essa daqui vai: na pesquisa, os psicólogos também descobriram que quando a nossa mente está vagando por aí, o nosso nível de felicidade diminui de maneira significativa.

O próprio Killingsworth disse que a frequência com que nós ficamos distraídos é mais importante para a nossa felicidade do que as atividades que nós fazemos no dia a dia.

Ou seja, a próxima vez que você culpar o seu trabalho super chato, seu companheiro, as pessoas que moram com você ou qualquer que seja a sua desculpa, pense no que você está fazendo nesse exato momento para mudar a sua situação.

Para te ajudar a dar o primeiro passo em direção a uma vida mais feliz e presente, separei aqui algumas dicas importantes:

  • Aceite de uma vez por todas que não existe fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo. A neurociência prova que o nosso cérebro gasta mais energia pulando de tarefa em tarefa do que se concentrando em uma única coisa até o final, o que compromete a qualidade da sua entrega e, claro, seu foco. Por isso, fim do multitasking já!
  • Preste atenção na sua atenção. É natural a gente deixar os pensamentos nos levarem de tempos em tempos, mas sempre que puder, puxe a sua mente gentilmente para o que você está fazendo naquele momento. A atenção plena é um hábito, e quanto mais você praticar, mais craque vai ficar. Praticar meditação ajuda muito no dia a dia.
  • Por fim, seja como um bebê! Claro, estou falando aqui de uma maneira positiva rsrsrs nada de começar a espernear por aí. Você já percebeu como os bebês estão 100% interessados no que está acontecendo ao redor deles e nas pessoas que estão por perto? Isso acontece porque eles ainda não ficam presos no passado ou no futuro, e vivem completamente no momento presente.

E se seu te dissesse que você pudesse desbloquear todo o seu potencial através de um conhecimento ancestral?

Se quiser receber dicas práticas e insights que podem te ajudar a desenvolver sua produtividade sem perder a saúde e conhecer mais o Biohacking raiz, me siga nas redes sociais em @flavialippi.

Entre também no nosso grupo do Telegram: https://t.me/aequacao

Comunidade Marketing de Gentileza
Flávia Lippi
Flávia Lippi Seguir

Abraçadora profissional, apaixonada por gente. Tive tantos negócios que me apelidaram de startup humana. Tecnologia corre que nem sangue nas minhas veias. Me dedico a otimizar os potenciais humanos para que se tornem líderes inspiradores.

Ler conteúdo completo
Indicados para você