[ editar artigo]

Uma breve reflexão porque a gentileza tem tudo a ver com fazer parte de uma comunidade

Uma breve reflexão porque a gentileza tem tudo a ver com fazer parte de uma comunidade

 

Em 2015 fiz minha conta no LinkedIn e logo comecei a seguir a Laíze Damasceno, criadora do conceito de "Marketing de Gentileza" (MDG) e da comunidade que leva o mesmo nome. Foi por aquelas recomendações que a plataforma apresenta, sabe? E de cara, achei incrível um marketing baseado nessa qualidade, para muitos uma virtude,  e que eu já prezava tanto.

De lá para cá, fui acompanhando e cada vez mais aprendendo e me identificando com todos os conteúdos divulgados por ela e sobretudo com a ideia de que “marketing é sobre relações humanas”.

Fiz alguns dos seus cursos e mentoria. E hoje tenho muito orgulho de ser uma colunista #GentiLover da comunidade MDG. 😍

Para mim, uma oportunidade de poder me conectar a esse movimento e pessoas que têm como propósito mudar a realidade do ambiente digital, tornando-o mais humano.

Como sou apaixonada pelas palavras, o significado que carregam e o poder que têm de inspirar e motivar ações transformadoras, fui investigar a origem desse termo que me trouxe até aqui.

A língua é um organismo vivo que está em constante evolução. Todas as palavras têm um significado original que pode se manter e/ou evoluir ao longo do tempo, assumindo outras significações, dependendo principalmente do contexto.

Com o termo “gentileza” não é diferente. Segundo o dicionário Houaiss, tem três acepções, ou seja, três significados que podem variar conforme o contexto em que são usadas:

“1. Qualidade ou caráter de gentil
2 . Ação nobre, distinta ou amável
3. Amabilidade, delicadeza”

Vem do latim, “gentilis” (gentil), derivado de “gens” com significado de “clã, tribo, nação, família".

Essas informações me mostram o quanto os atos de gentileza estão, desde a sua raiz, relacionados ao ser humano e a comunidades ou grupos reunidos por alguma afinidade, seja física, de pensamento, ideológica, etc.

O ser humano é um ser gregário ou social por natureza. E isso esteve relacionado com a necessidade de sobrevivência da espécie em meio a um ambiente hostil.  A frase "Juntos somos mais fortes" que hoje circula em forma de memes e "hashtags" sempre foi, desde os primórdios da humanidade, uma verdade inquestionável

O conceito da "Pirâmide das Necessidades", do psicólogo americano Abraham Maslow (1908-1070), aborda, aliás, o quanto as  necessidades  fisiológicas, de segurança, pertencimento e afeto, estima e de autorrealização são interdependentes entre si. À medida que eu sacio uma, eu abro espaço para a próxima.

Isso significa que, mesmo com o passar do tempo e a evolução da vida em sociedade, essa necessidade de pertencer, de fazer parte de uma tribo e de se conectar com outros que pensam da mesma forma se manteve presente. 

E eu acredito que atos ou comportamentos de gentileza reforçam esse sentimento de pertencer, pois, têm a ver com a habilidade de cooperar e promover bem-estar para um grupo, fortalecendo o convívio social ou a relação entre seus membros.

Reiterando o que aprendi com a Laíze, vale inclusive destacar que no mundo dos negócios a gentileza não se opõe às intenções de gerar lucros ou ganhos. Não existe essa divisão - ou uma coisa, ou outra. Ambas podem coexistir e prosperar.

Juntando essas ideias ao significado e origem do termo, entendo que a gentileza chega até mesmo a transpor a desejada relação ganha-ganha, em que ambas as partes de um negócio, transação, ou de um simples diálogo, saem ganhando.

Ela cria um terceiro elemento que é a somatória de intenções positivas das partes envolvidas, que gera poderosas conexões  e resulta em um novo contexto, mais tolerante, mais ético e que conecta com a nossa humanidade.

É como sintonizar em um canal de música, onde todos que a ele estão ligados reverberam e produzem uma onda contagiosa e positiva que impacta em alto grau a eles próprios e ao seu redor.

Vamos mergulhar nessa onda da gentileza?

 

Crédito da imagem: Canva

Comunidade Marketing de Gentileza
Vera Natale
Vera Natale Seguir

Ajudo pessoas e empresas a traduzir ideias e projetos em palavras fáceis de entender e comunicar, usando técnicas criativas. Sou especialista em Escrita e Comunicação Descomplicada, apaixonado por palavras e o poder que têm de transformar o mundo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você