[ editar artigo]

Três valiosos insights do YouTube que servem até para quem não produz vídeos

Três valiosos insights do YouTube que servem até para quem não produz vídeos

Se você não produz conteúdo em vídeo, é bem possível que não fique de olho nas estratégias do YouTube. E tudo bem.

Mas, de vez em quando, vale a pena dar uma conferida nos movimentos desta plataforma que é o segundo maior mecanismo de busca do mundo, atrás só do Google. É a chance de garimpar alguns insights valiosos sobre produção de conteúdo e que servem para qualquer formato, seja vídeo, áudio ou texto.

Quer ver? 

Reparou que, nos últimos anos, o YouTube tem deixado bem claro seu interesse na área educacional, com o YouTube Edu, e na força das webséries, com o YouTube Originals?

Pois é.

A plataforma já disse que, para ela, a educação vai muito além de uma tendência. Um projeto como o YouTube Edu, parceria entre a Fundação Lemann e o Google, mostra como isso tem acontecido na prática. Lá, você encontra vários conteúdos educacionais voltados a alunos do Ensino Fundamental e Médio, além de tantos outros canais sugeridos, como Manual do Mundo, Nerdologia e Descomplica

E, há pouco mais de um ano, em setembro de 2019, a plataforma lançou o YouTube Originals para o mercado brasileiro, apostando em conteúdos seriados produzidos por estrelas da rede, como Whindersson Nunes e Nathalia Arcuri.

É de olho nessas pistas — educação e conteúdo seriado — que separei alguns insights para você começar a aplicar na sua estratégia de conteúdo, seja qual for o formato.

Dá uma olhada:

Sacie a sede de conhecimento da sua audiência

Estamos sempre buscando formas de fazer mais e melhor, não é? O YouTube mesmo diz que o conhecimento é uma das quatro motivações de quem acessa a plataforma. Então, que tal usar essa ideia para além da rede e pensar como você pode ajudar as pessoas a se informarem, aprenderem algo novo ou se aprofundarem em algum assunto? E isso você pode fazer em um texto de blog ou em um podcast, por exemplo. Não precisa ser em vídeo, certo?

Crie vínculo a partir de um conteúdo seriado

Você pode fazer uma série de entrevistas para o seu blog ou gravar episódios sobre um determinado tema para o seu podcast. Também vale lançar uma série de vídeos. Pense no conteúdo seriado como um convite para a sua audiência consumir um episódio após o outro, ficando mais exposta à sua mensagem e criando um vínculo com você. Claro que produzir séries pode ser desgastante de saída. Afinal, antes de lançar o primeiro capítulo, você precisa ter, pelo menos, alguns prontos para garantir o sucesso do projeto. Mas também pode ser muito recompensador se você usar a consistência e a frequência a seu favor para fidelizar o público. 

A união faz a força: invista em série educativas

Que tal unir os dois em um tipo de conteúdo regular que oferece conhecimento às pessoas? Produzir séries educativas pode ser uma ótima forma de conquistar uma audiência cativa. Muitas vezes, você produz um conteúdo incrível, mas que se encerra ali mesmo: naquele post ou vídeo. São, então, boas peças de um quebra-cabeça, mas que não se encaixam para o sucesso da sua estratégia de conteúdo como um todo. Ou seja: não fidelizam ou atraem mais pessoas.

Para evitar isso, o YouTube propõe há um tempo uma estratégia de programação baseada em três categorias de conteúdo. São elas: Help, Hub e Hero. Nessa classificação, as séries seriam do tipo Hub que, na prática, são conteúdos regulares e programados que acabam motivando a pessoa a querer acompanhar os episódios seguintes, o que pode resultar em novos inscritos para um canal do YouTube. E, para nós que estamos pensando além da plataforma, isso pode significar mais assinantes para a newsletter de um blog, por exemplo.

Faz sentido para você? Nos próximos posts, vou falar mais sobre essas três categorias. 

Enquanto isso, conta aqui: que estratégias têm feito parte da sua produção de conteúdo?

Foto de fotografierende no Pexels

Comunidade Marketing de Gentileza
Ana Carollina Leitão
Ana Carollina Leitão Seguir

Seja bem-vinda/vindo! Compartilho aqui saberes pluriversais para uma comunicação pensada com o coração. Trago vivências e aprendizados para ajudar quem quer entender melhor sobre gente e comportamento (incluindo aí você mesmo!). Vamos conversar?

Ler conteúdo completo
Indicados para você