[ editar artigo]

9 Tipos de Marketing de Conteúdo para Incluir na sua Estratégia Digital

9 Tipos de Marketing de Conteúdo para Incluir na sua Estratégia Digital

Se você está criando conteúdo por criar, sem qualquer estratégia... Pare agora mesmo! Você precisa criar conteúdo que seja útil e relevante para a sua audiência. E o Marketing de Conteúdo te ajudará nessa jornada!

Pode até parecer fácil, mas o fato é que definir quais os tipos de conteúdo mais adequados para uma estratégia de marketing digital é mais arte que ciência, acredite em mim. Até poderia sair listando um montão de táticas de marketing de conteúdo testadas e aprovadas. Mas se essas mesmas táticas de sucesso não estiverem alinhadas aos objetivos do seu negócio, as chances de falharem redondamente são enormes!

Eu sei, eu sei... parece loucura. Mas fica comigo nessa leitura que eu vou te mostrar que é bem mais simples do que parece :)

Já dei essa dica em outros artigos publicados aqui no Marketing de Gentileza, mas volto a repetir: o marketing de conteúdo já é uma das estratégias de marketing digital mais poderosas para empresas de todos os tamanhos e setores. Confia em mim!

Neste artigo, trago para você os principais tipos de conteúdo e como pode usar cada um desses formatos para engajar o seu público-alvo, gerar mais leads e aumentar as vendas.

1. Vídeos

Já não é segredo para ninguém que vídeos geram maior engajamento. Só para termos uma ideia, de acordo com essa pesquisa da HubSpot, 54% do público quer ver vídeos das suas marcas favoritas, o que é mais do que qualquer outro tipo de conteúdo.

Se quiser aproveitar o poder do video marketing a seu favor, deverá considerar quais tipos de conteúdo e tópicos atrairão mais o seu público antes de planejar a criação do conteúdo propriamente dito. Em última análise, isso dependerá em qual etapa da jornada do comprador está o seu potencial cliente.

Veja a seguir esse vídeo da Hubspot com dicas incríveis sobre como transformar blog posts em conteúdos de video.

2. Postagens nas redes sociais

Já não é mais um segredo que as pequenas empresas podem (e devem!) aproveitar o poder das redes sociais para alcançar o seu público-alvo. Plataformas de mídia social como Facebook, Twitter, LinkedIn e Instagram ajudam as empresas a atingir novos públicos e desenvolver relacionamentos consistentes com os clientes.

O conteúdo das suas publicações nas redes sociais desempenha um papel importante na forma como a sua empresa gera engajamento de clientes e potenciais clientes.

Embora o conteúdo nas redes sociais possa ser usado para influenciar diretamente uma compra, também é importante lembrar que esse é um dos melhores tipos de marketing de conteúdo para fomento de leadsmas lembre-se de manter um bom equilíbrio entre conteúdo promocional e informativo nos seus canais de mídia social!

3. GIFs e memes

Já parou para perceber que, seja em qual for a plataforma, tem sempre alguém partilhando um dos seus memes favoritos. Esse tipo de conteúdo se tornou extremamente popular entre os utilizadores, solidificando a sua importância na cultura popular. Sem mencionar que, hoje em dia, memes e GIFs são alguns dos tipos de marketing de conteúdo mais compartilháveis na web.

Se você não está familiarizado com memes, eles geralmente apresentam imagens que se tornaram virais online ou capturas de tela de filmes, novelas, séries populares, geralmente trazendo com uma legenda que diz algo divertido, esclarecedor ou se de fácil identificação.

Aqui está um exemplo de um dos memes/GIFs favoritos da web: NAZARÉ TEDESCO! Você pode até não fazer ideia de quem é essa atriz, ou de qual novela essa recorte de vídeo foi tirado, mas certamente já viu esse GIF em algum lado, seja numa rede social, numa corrente no Whatsapp, ou em um blog post como este aqui.

4. Blogs

Blogging é um dos tipos mais populares de marketing de conteúdo para pequenas empresas. E por um bom motivo! Os blogs são uma das melhores maneiras de melhorar o SEO e direcionar mais tráfego orgânico para o seu site a partir dos mecanismos de pesquisa. Isso pode ajudá-lo a aproveitar ao máximo um orçamento de marketing mais limitado.

Como você pode ver na infografia acima, há uma variedade de benefícios para empresas que publicam conteúdos nos blogs com regularidade.

Se pretende apostar nesse formato para melhorar o seu marketing de conteúdo e expandir os seus negócios, precisará começar com uma estratégia que inclua os tópicos que planeja cobrir nas suas publicações. Faça uma pesquisa de palavras-chave para ver o que os consumidores estão buscando nos mecanismos de busca para encontrar marcas como a sua. Em seguida, considere quais outros tópicos ou questões podem ser relevantes e crie conteúdo em torno desses tópicos.

5. eBooks

Se você nunca criou um ebook antes, pense neles como um conteúdo long-form (como os blog posts, por exemplo). Eles não são um romance, não são um anúncio de várias páginas para sua empresa. Em vez disso, são uma forma de fornecer informações valiosas e úteis do ponto de vista dos seus clientes em potencial.

Os ebooks são um dos melhores tipos de marketing de conteúdo para captar informações de leads e costumam ser usados em táticas de e-mail marketing. Isso ocorre porque eles são normalmente "bloqueados", ou seja, os visitantes terão de fornecer algum tipo de informação sobre si mesmos em troca de "desbloquear" o download do conteúdo.

Acima, está um exemplo da aparência de um banner/formulário para promoção de um ebook sobre marketing digital.

É importante observar que os ebooks exigem um pouco mais de investimento do que alguns outros tipos de conteúdo, como blog posts ou publicações nas redes sociais. Eles são mais longos e com um processo de criação menos simples. No entanto, esse tipo conteúdo oferece um retorno de investimento bastante significativo que fará com que qualquer tempo ou dinheiro investido no projeto valha a pena no final.

LEIA TAMBÉM: O que é Marketing de Conteúdo e por que é importante para sua estratégia?

6. Infográficos

Os infográficos são muito divertidos e podem despertar uma estratégia de marketing com conteúdo atraente, sendo maneiras brilhantes e visualmente cativantes de apresentar estatísticas ou procedimentos.

Os dados podem ser mais fáceis de reconhecer e entender quando apresentados em mídias desse tipo.

Se a sua empresa optar por usar infográficos para atrair e envolver o seu público, considere quais tópicos são mais adequados para esse formato. Normalmente, qualquer informação que se beneficiaria de um auxílio visual pode ser um excelente tópico de infográfico. Você pode usar esse tipo de conteúdo para explicar um assunto mais complexo, apresentar estatísticas que ajudem outras pessoas a entender o valor do que a sua empresa tem para oferecer.

7. White papers

Os white papers são semelhantes aos ebooks de várias maneiras, já que é outro tipo de conteúdo de formato longo e que pode ser eficaz para atrair leads. No entanto, a principal diferença é que os white papers tendem a ser um pouco mais densos em informações, orientados por dados e focados em detalhes — temos aqui um dos melhores tipos de marketing de conteúdo para B2B!

Seu white paper pode ser um conteúdo "bloqueado" que exige que o lead forneça informações valiosas antes de fazer o download do conteúdo.

Observe que o conteúdo da landing page foi criado especificamente para o download deste white paper, informando ao leitor o que ele pode esperar após obter do conteúdo. Por outro lado, o formulário pede informações que ajudarão a empresa a entender melhor quem é o lead e que tipo de produto ou serviço ele pode precisar.

8. Checklists

As checklists são um tipo de planilha contendo uma série de coisas a serem feitas em um processo do tipo "passo a passo" para alcançar algum tipo de resultado específico. Esses são ótimos ativos de conteúdo para pequenas empresas porque são fáceis de criar e promover, mas ainda assim fornecem um valor significativo para o público-alvo.

Depois de criar uma checklist sobre um tópico relevante, poderá partilhar esse conteúdo nas redes sociais ou até incorporá-lo em uma publicação no seu blog. Para entender melhor como funciona esse tipo de conteúdo, vamos dar uma olhada neste exemplo de checklist da Semrush:

Essa checklist fornece aos utilizadores valiosas dicas de SEO para quem precisa tomar decisões mais inteligentes sobre a otimização dos seus conteúdos.

9. Estudos de Caso

Os estudos de caso são basicamente histórias de clientes que ilustram como a sua empresa os ajudou a ter sucesso. As empresas podem usar esse tipo de conteúdo para destacar aplicações ou usos especiais para os seus serviços e produtos. Com os estudos de caso, clientes em potencial conseguem visualizar melhor a jornada de um cliente real do início ao fim, com casos de uso semelhantes na vida real.

Se planeja usar estudos de caso como parte da sua estratégia de marketing de conteúdo, é importante considerar cuidadosamente quais dos seus clientes poderá apresentar como exemplo. Escolha estrategicamente aqueles clientes que se beneficiaram de forma significativa com os seus produtos ou serviços.

Para concluir... O golpe de mestre no marketing de conteúdo!

Quando se trata de marketing de conteúdo, pode ser difícil saber quais formatos usar e quais farão diferença dentro da sua estratégia. A chave é que o conteúdo deve oferecer informações úteis ou entretenimento, geralmente de graça, em apoio a um objetivo de negócio — mesmo que esse objetivo não seja óbvio à primeira vista.

Este artigo que está lendo agora mesmo é um exemplo prático do que é Marketing de Conteúdo!

Por exemplo, eu uso o LinkedIn para alcançar o meu público-alvo através de conteúdo gratuito com dicas diárias sobre marketing digital. Em seguida, à medida que os meus "potenciais clientes" vão avançando nas etapas da jornada, posso oferecer consultoria, mentoria, formação certificada, produção de conteúdo otimizado, entre outros serviços que ofereço enquanto freelancer.

Resumindo e concluindo... você precisa perceber quais são os tipos de marketing de conteúdo que promovem o seu negócio de forma mais eficaz, gerando os melhores resultados. E são muitos os tipos de conteúdo dentre os quais poderá escolher e incluir na sua estratégia digital. Por isso, pesquise, analise e depois ajuste tudo aos objetivos do seu negócio!

*

💡 Conhece alguém a quem esse conteúdo seria incrivelmente útil? Partilhe esse artigo agora mesmo!


Fonte: este artigo foi publicado primeiro na Menina Digital

Comunidade Marketing de Gentileza
Cláudia Assis
Cláudia Assis Seguir

Especialista em Marketing Digital, com foco em Marketing de Conteúdo, SEO e Inbound Marketing. Amo fazer com que as ideias para qualquer negócio saiam do papel e sejam aplicadas de forma criativa e eficaz e estou aqui para ajudar a MdG a crescer! 🤓

Ler conteúdo completo
Indicados para você