[ editar artigo]

"Socorro! Ninguém comenta nos meus posts!" 6 dicas para você melhorar o seu engajamento digital!

teoria do big bang ajuda GIFteoria do big bang ajuda GIF

Eu vejo que a maioria das frustrações e medo de quem se aventura pelo mundo virtual é de criar conteúdo e ninguém interagir.  Só que muitas vezes perdemos grandes oportunidades por pura insegurança e medo do julgamento alheio. 

E sabe o que é mais frustrante nisso tudo? É que eu tenho certeza que você já deixou de compartilhar algum conhecimento, experiência ou ideia que, às vezes, para você  parecia simples e boba, mas em alguns dias viu um coleguinha compartilhando o mesmo conteúdo e tendo um resultado incrível. 

Dá vontade de largar tudo e sair correndo pelado por aí, né? hahahah

GIF bob odenkirk pelado

Mas calma, não vai precisar! Todo mundo já passou por isso pelo menos uma vez na vida.  Isso aconteceu e ainda acontece muito comigo, por isso eu quero compartilhar algumas ideias e técnicas  que têm me ajudado muito na hora de criar meu conteúdo.  

Mas antes, o que é esse tal de Engajamento?

Pois bem, engajamento nada mais é que manter um diálogo com alguém. Neste caso com seu potencial cliente, com seu público. Você fala e ele responde, simples assim.

Você precisa enxergar o engajamento como uma oportunidade de negócio. Ter engajamento significa que você está tendo uma conversa, uma retribuição à sua conversa com as pessoas, então ele é preditivo de que você vai captar clientes, vender seus produtos e serviços. 

Agora anota aí:

Twitter Tópico GIF do Banco Itaú

6 dicas importantes para você botar a cara na rede e  melhorar o seu engajamento digital:

1. Ninguém se importa tanto assim, acredite!

Pare de ligar para o que os outros vão falar ou pensar. Pare de pensar em você como a estrela principal do filme. Ninguém se importa tanto assim o quanto a você imagina e quando se importam é porque se sentem incomodados de ver alguém tendo CORAGEM de ser e fazer o que a covardia deles não permite.

2. Seu conteúdo é útil!

Sempre vai existir alguém que tem menos conhecimento sobre determinado assunto que você, por mais simples que a sua ideia pareça ela pode ser muito útil para outra pessoa. Então, porque não compartilhar seus conhecimentos e mostrar pro mundo o que você tem de melhor? Isso ajuda a reforçar seu posicionamento profissional e atrai mais pessoas interessadas pelo o que você faz.

3. Seu conteúdo serve para que?

O que você está querendo alcançar com esse conteúdo específico? Foi feito para entreter? Para educar?  O que você está esperando alcançar com  sua estratégia geral de marketing?  Você está focado em aumentar sua consciência de marca? Aumentar conversões?

Crie conteúdo com propósito! Tenha uma visão clara do objetivo do conteúdo que você tá criando. 

4. Quem é quem na fila do pão?

Conheça seu público, pra quem você quer vender. Você não pode esperar atingir um alvo se não sabe onde ele está. Identifique quais são as necessidades e dores da sua audiência. Conteúdo que não é alinhado às necessidades dos compradores não serve pra nada. 

E você pode descobrir essas necessidades através de pesquisas. Existem muitas ferramentas gratuitas disponíveis para isso, por exemplo: recurso de enquete no Linkedin, no Instagram você tem as caixinhas de perguntas e o Google disponibiliza o Google Forms, onde você pode montar formulários personalizados e enviar para sua lista de email ou Whatsapp.

Outra dica bacana é Google Trends, você pode pesquisar tendências de busca do seu consumidor e ter alguns insights. 

5.Crie conexões!

Planeje seu conteúdo para atrair, engajar e conectar seus clientes. Pra você atrair você precisa chamar a atenção dele, pode ser uma imagem,  títulos poderosos e provocativos ou até mesmo usar memes, que serão clicados. Você precisa se conectar com a pessoa que tá consumindo seu conteúdo. Uma forma de fazer isso é atingir o  emocional do seu público-alvo. Atrai as pessoas contando histórias, gerando conversas e abordando as necessidades e interesses dos seus potenciais clientes. Mas tudo sempre alinhado com o propósito da sua marca, com seus valores, taokei?

6. Dê algo para sua audiência fazer!

Crie conteúdo orientado por ação. Se você não dá à sua audiência algo para fazer, não pode ficar surpreso quando não fizerem nada. Existem diversas coisas que você pode encorajar sua audiência a fazer: se inscrever, comentar, compartilhar ou ver mais conteúdo no seu blog, por exemplo. O importante é levar ela a uma ação.

Por fim, EXPERIMENTE esse é o melhor jeito de aprimorar suas estratégias de marketing, sejam elas de mídia visual, marketing de conteúdo, não importa. Tudo é teste, não adianta tentar copiar nada de ninguém. 

Se criou um conteúdo que não teve os resultados que você esperava, relaxa e faz de novo. Avalie novamente às necessidades da sua audiência, reveja os objetivos, reveja o seu posicionamento, reveja seu público e faça pesquisas. Você precisa falar o que seu cliente potencial quer ouvir e só vai saber disso conhecendo ele.

Criou conteúdo foda, mega engajador? Ótimo! Agora, você pode reavaliar seus objetivos e determinar exatamente por que seu conteúdo alcançou tanto sucesso.

A partir daí, você lentamente começar a isolar os componentes chave que tornam o conteúdo engajador com sua audiência específica.

Não tem jeito, meu amigo, você vai ter que botar a cara a tapa para descobrir o que dá certo e o que não dá, não tem mistério, não tem mágica, tem ESTRATÉGIA

Agora, aproveita para compartilhar esse artigo com aquele amigo mimizento que tá cheio de ideia foda pra compartilhar, mas tem medo de não engajar! 

Obrigada, de nada! =)

gretchen amp GIF

Comunidade Marketing de Gentileza
Natália Fontenele
Natália Fontenele Seguir

Empreendedora e consultora de marketing digital. Eu ajudo empreendedores e empresas a conquistarem as pessoas nas redes sociais e atraírem os melhores clientes com estratégias de marketing digital humanizado e construção de relacionamento honesto.

Ler conteúdo completo
Indicados para você