[ editar artigo]

Regras fundamentais no envio de seu currículo

Regras fundamentais no envio de seu currículo

Minha especialidade é em melhoria de performance, liderança, empreendedorismo e vendas. E é isso que faço no meu dia a dia e em minha consultoria, ajudando empresas a buscar a melhoria de seus resultados, através de ferramentas e metodologias que desenvolvi usando a experiência obtida ao longo de minha trajetória profissional. Porém recorrentemente, e por possuir uma rede de conexões vasta e rica no LinkedIn, as empresas me acionam para a contratação de profissionais de vendas para suas empresas, de diversos níveis e segmentos.

Pois bem! Em diversos momentos em que estava tocando processos seletivos para meus clientes, e após receber e analisar centenas de currículos, percebi como as pessoas enviam currículos como se estivessem entregando jornais. Tenho a impressão que algumas pessoas não se preocupam com os detalhes que são MUITO importantes, e aos olhos de quem recebe e analisa, podem ser cruciais pela definição se aquele profissional permanecerá ou não no processo.

Gostaria de compartilhar algumas observações e dicas para ajuda-los em uma abordagem melhor, pois muitos são descartados antes da fase de entrevistas, por erros básicos ou que parecem apenas detalhes, mas podem dizer muito sobre você:

1.) eu tenho um respeito muito grande por quem investe seu tempo em se candidatar à uma vaga que estou contratando, faço questão de retornar para cada um, individualmente, em alguns casos dando Feedback e dicas de como melhorar seu currículo ou sua abordagem. Porém hoje consigo compreender porque diversos headhunters não fazem o mesmo, afinal fazem isso diariamente, ao contrário de mim que faço esporadicamente.

A quantidade de currículos que recebi de pessoas sem a experiência exigida, de outros estados, com perfil completamente diferente do divulgado, é IMPRESSIONANTE. Desculpe ser direto, mas não adianta "mandar para ver no que vai dar", pois isso causa um congestionamento de currículos na caixa de quem está contratando, impossibilitando que se dê um Feedback individual e descente, de forma produtiva.

As pessoas - incluindo eu - geralmente reclamam de não ter um Feedback claro e verdadeiro sobre seu desempenho em um processo, mas nunca pensamos como é o outro lado. Respeite o tempo de quem está contratando, da mesma forma que você deseja que seu tempo seja respeitado! Só se inscreva em processos em que sua experiência e perfil estejam adequados à demanda. Ninguém vai contratar alguém muito júnior ou muito sênior para uma posição apenas porque você teve a coragem de enviar seu currículo. Parece um pouco rude, e até pode ser, mas pense que o currículo que você está mandando para a vaga errada, está tirando a oportunidade de alguém que teria chances, de receber um Feedback honesto e justo sobre sua participação;

2.) seja atencioso ao enviar seu currículo, em todos os detalhes. Pelo menos 2 dezenas de currículos que recebi nesta semana, as pessoas me chamavam de Marcelo! Meu amigo, meu nome é Marcel, sem o "O", como no meu e-mail que divulguei e no meu perfil do LinkedIn. Se você não tem a devida atenção com o nome de quem você quer enviar seu currículo para participar de um processo seletivo, como você é em seu dia a dia?

Percebe a primeira péssima impressão de pessoa desatenta com os detalhes que você pode e vai passar? Se em uma possibilidade de emprego você não dá a devida atenção à algo simples, consigo imaginar que em seu dia a dia, deve ser displiscente nos detalhes, e ninguém quer contratar alguém assim. Me chame de chato, mas não consigo imaginar algo diferente em uma ocasião como essa! Um outro ponto importante, é que algumas pessoas enviam o mesmo currículo para todas as oportunidades, sem a devida atenção em alinhar seu currículo à vaga proposta.

Por exemplo, estou contratando um Gerente Nacional de Vendas, e recebei dezenas de currículos com o objetivo preenchido da seguinte forma: gerência operacional / supervisor de vendas / área de supply. Cheguei a receber currículo, onde constava como os objetivos de um mesmo candidato: supervisor / coordenador / gerente ou diretor comercial. Em outro: compras / financeiro / supply / RH. Oi, Como assim? Descartados!

3.) Siga estritamente as orientações escritas na divulgação da oportunidade. Se o contratante lhe pedir para enviar seu currículo em determinado formato para um determinado e-mail, faça assim. É dessa forma que ele quer ver, para sua melhor gestão e organização. mandar em outro e-mail, no corpo do e-mail, pelo chat do LinkedIn, pelo WhatsApp ou ligar para o contratante, não o fará diferente e destacado no meio da multidão. Fará o recrutador perceber que você é um sujeito que não respeitas as regras, que quer se destacar da forma errada ou então que está invadindo sua privacidade. 

4.) Nunca, jamais e em hipótese alguma demonstre desespero por aquela vaga. Apesar do cenário econômico difícil e dos boletos bancários continuarem chegando em sua casa, o papel do recrutador é selecionar o melhor candidato para uma vaga, que trará resultados consistentes e se comprometerá em um projeto de longo prazo. "Apelar"pelo emocional com um certo desespero, não mudará esses objetivos e pode causar uma má impressão em quem está contratando. Particularmente nunca vi dar certo. Acredito mais em pedidos de ajuda para que você possa evoluir, aprender ou ser indicado para uma oportunidade adequada ao seu perfil e onde você poderá se destacar.

5.) Só faça indicações de profissionais que você contrataria e que entenda ter fit com o perfil daquela oportunidade. Recebi uma indicação recente para uma vaga em Vendas, que exigia experiência e vivência na área, e a indicação era de uma pessoa com vasta e rica experiência em RH (!?!?!?). Até entendo as pessoas ajudarem umas as outras, eu mesmo procuro fazer sempre que posso, mas não entendo isso como ajuda, parece mais um desespero de quem quer dizer que está ajudando, atirando o currículo do amigão para qualquer lado. Mais uma vez, consumindo um importante tempo de quem está contratando, com algo que sabem que não dará resultado.

6.) Se você receber um Feedback negativo sobre seu currículo, tenha a maturidade de entender que aquela vaga não é para você! Responder a mensagem com argumentações, insistindo em sua participação, não me parece fazer sentido. Responda agradecendo a oportunidade de ter participado e se colocando a disposição para eventuais oportunidades que surgirão com o seu perfil, é mais educado e eficiente do que de outras formas.

7.) Nunca envie seu currículo para uma lista de e-mails, ainda mais se esta estiver aberta para que todos vejam. Além de ser algo preguiçoso, o mínimo que uma possibilidade de emprego merece, é um e-mail especifico para aquela vaga com um currículo que atenda as necessidades exigidas na divulgação da vaga.

Caso queira falar mais sobre esse ou outros temas, vamos nos conectar e sempre que possível comunicar!

Espero ter ajudado!

Um grande abraço,

Marcel Nobre.

Comunidade Marketing de Gentileza
Marcel Pedretti Nobre
Marcel Pedretti Nobre Seguir

Executivo por quase 20 anos de grandes empresas, até virar a chave e empreender. Fundador da Sales Connection, Professor da Escola Conquer, Mentor de startups pela Ace Startups, Host no Podcast Virando a Chave. Metamorfose ambulante que 💜 gente!

Ler conteúdo completo
Indicados para você