[ editar artigo]

O que um purê de batata nos ensina sobre organizar eventos

O que um purê de batata nos ensina sobre organizar eventos

Você já fez purê de batata? Este artigo não tem o intuito de trazer uma receita sobre como fazer purê de batata, mas será uma analogia para mostrar que fazer um purê de batata pode nos ensinar muitas coisas sobre organizar eventos.

Durante o processo do purê, você irá precisar de algumas batatas, depois terá que descascá-las e então colocá-las na água para cozinhar, durante esse processo elas irão amolecer, mas ainda não estarão prontas, você precisará amassá-las para só depois misturar o leite e transformá-las em um delicioso purê de batatas.

Se você observar bem, fazer um purê de batatas tem tudo a ver com organização de um evento, o evento começa duro como uma batata, você tem uma ideia de evento que precisa ser construída e será necessários passar por cada etapa até chegar no purê de batata, ops...no evento. Você terá que lapidar e aprimorar a ideia, por isso a ferramenta de Design Estratégico para Eventos te auxilia nesta etapa.

Outro ponto para levar em consideração serão as atividades que irão acontecer, nem sempre o processo de organizar um evento é fácil e rápido, muitas vezes você terá um longo período até a realização, como é o caso das batatas durante o cozimento, você terá que trilhar um caminho, fazer um planejamento de comunicação, captar recursos, gerir a equipe de trabalho, testar plataformas e ferramentas, cotar e contratar fornecedores, fechar parcerias, entre outras atividades.

Essas são algumas etapas que ficam invisíveis para o público, mas necessárias para que o evento seja um sucesso, quem olha para o evento pronto muitas vezes não faz ideia das etapas que foram necessárias traçar durante a jornada e não é diferente do purê de batata, as pessoas saboreiam, elogiam mas não se lembram do processo.

Por isso te digo, planejar e produzir um evento nem sempre é tarefa fácil, mas quando há um propósito claro de onde se quer chegar e qual a transformação que aquele evento irá causar nas pessoas fica muito mais fácil de passar por esse caminho e tocar as pessoas com experiências memoráveis.

Agora vamos a 3 dicas para ajudar a passar por essas etapas de forma mais leve

1) Equipe

Dê voz ao seu time, permitindo que eles participem de tudo que está sendo construído. Outro ponto a se levar em consideração é não reter informações só na sua cabeça e nem deixar de delegar, ou seja, não confiando que o seu time irá executar.

2) Processos

Crie processos claros, um dos grandes erros em eventos é não ter esses processos definidos, e isso não é apenas com a equipe, mas fornecedores e até mesmo com os participantes, todos precisam ter essa clareza, como por exemplo, se algo não está dando certo o que fazer então, quais as alternativas, quem acionar, com isso ficará muito mais leve e claro e ainda ajuda a não sobrecarregar ninguém.

3) Feedback

A organização de um evento pode se tornar mais leve se você tiver o hábito de avaliar cada etapa, comemorando as concluídas, elogiando sua equipe  ou até analisar o que não está dando tão certo assim para que seja possível recalcular a rota. Fazer isso periodicamente ajuda a ter um olhar mais humanizado e permite até inovar em seu evento, explorando possibilidades que ainda não foram experimentadas. 

Da próxima vez que você for fazer um purê de batata irá se lembrar que existem muitas etapas mas que no final valerá sim a pena. 

Gostou desse artigo, deixe um comentário do insight que este artigo te trouxe ou deixe outras dicas que podemos incluir nesta lista e assim juntos ajudarmos outros profissionais a passarem por essas etapas de forma muito mais leve e saborosa.

Comunidade Marketing de Gentileza
Marcely Souza
Marcely Souza Seguir

Publicitária especializada em Eventos com certificação em Event Design Collective GmbH, acumulo mais de 13 anos de experiência e vivencio a gestão de equipes remotas | Founder da MS Eventos e 🎙EventosCast

Ler conteúdo completo
Indicados para você