[ editar artigo]

Coisas que aprendi como estagiária em Québec

Coisas que aprendi como estagiária em Québec

A menina do interior de São Paulo jamais imaginava chegar no Canadá. Mas, nunca me proibiram de sonhar.

Pensava comigo se um dia eu teria a chance de viajar para outros países. Ficava criando histórias na minha cabeça, fantasiando e me vendo em tantos lugares do mundo.

Aos 31 anos, realizei o meu sonho de morar em outro país. Passei um ano em Quebéc-Canadá, em 2012, para um estágio no Departamento de Enfermagem da Université do Quebèc em Outaoauis (UQO).

Era minha primeira viagem para um lugar tão longe. Lembro até hoje: chegando no aeroporto de Ottawa. Olhava do avião pra baixo e encontrei a paisagem mais linda, repleta de neve.

Uma amiga, a Carol-Anne (a do meio da foto desse artigo), me buscou no aeroporto e me levou roupas e um calçado de frio para poder sair pra rua. Fazia -45 graus. Uma loucura!

Carol, tinha sido estagiária no Brasil e, por isso, já nos conhecíamos bastante. Por falar português, ela foi meu porto seguro lá (passei dias difíceis lá também, só pra registrar que nem tudo são flores).

Os primeiros dias foram intensos. Meu francês que eu achava super-mega-blaster-máximo, me provou que eu falava mal e muito mal.

Após o segundo mês, já tinha amigos nativos. As pessoas me acolheram e passei a me sentir como um deles.  O último mês de estadia, realizei um outro sonho: fazer uma palestra em francês. Quem diria, hen! ufa.

Essa experiência foi marcante na minha vida. Faria de novo, de novo e de novo. Recomendo essa mudança de vida profissional e pessoal.

Se você pensa em ser estagiário em outro país, não pense muito. Comece a se planejar hoje mesmo. Fiz uma listinha de coisas que me ajudaram:

1. Estude a língua local: importante mostrar que você estudou e se esforçou para falar a língua daquele país.
2. Se for fazer um estágio de estudo, há bolsas em Québec para estrangeiros. São bem bacanas. Saiba tudo aqui: http://www.frqs.gouv.qc.ca/bourses-et-subventions
3. Busque pessoas que já moraram no país. Troque ideias sobre a culinária, saúde, vestuários, transporte, moeda, etc.
4. Converse com pessoas que têm o mesmo sonho que você.

5. Se afaste das que não acreditam nos seus sonhos. 

Sabe a lição que tiro de tudo isso? Tudo que você sonha, vai acontecer.

Então, se prepare hoje. Há muito trabalho pela frente.

Um dia, quero ler a sua história aqui.

Comunidade Marketing de Gentileza
Geisa Luz
Geisa Luz Seguir

Carrego a missão de desenvolver ideias e ações em saúde pública, no âmbito das doenças raras, com informações confiáveis para impactar a sociedade e salvar vidas. Enfermeira, consultora em doenças raras e graves e palestrante.

Ler conteúdo completo
Indicados para você