[ editar artigo]

O que inteligência emocional e investimentos tem em comum?

O que inteligência emocional e investimentos tem em comum?

 

Frequentemente escuto que finanças são uma ciência racional e "de exatas" como minhas filhas costumam dizer às vezes. Mas ao estudar com mais profundidade o tema percebemos que a inteligência emocional pode ser um grande diferencial para o investidor.

“O dinheiro, assim como as emoções, é algo que você precisa controlar para manter sua vida no caminho certo”. (Natasha Munshon).

O premio Nobel de economia tem sido ganho frequentemente por pessoas que se dedicam ao estudo das finanças comportamentais como Daniel Kahneman e Robert Schiller.

E isto explica o porquê de os robos ainda não conseguirem ser tão eficientes no mercado de capitais, ainda não somos capazes de programar emoções em robos.

A teoria do mercado eficiente de Eugene Fama.

Vários gênios reconhecidos da humanidade acreditaram e investindo baseando-se na teoria de que os preços do mercado sempre refletem todas as informações existentes.

Se os mercados fossem de fato eficientes não haveria forma de especular no mercado, uma vez que este instantaneamente se ajusta para toda e qualquer nova informação existe. 

Porém, as finanças comportamentais nasceram contestando esta noção, salientando que os investidores nem sempre eram racionais e que as suas ações nem sempre negociavam ao seu justo valor durante bolhas e crises financeiras.

Assim como na sua profissão conhecer suas emoções e saber como reagir pode diferenciar seus resultados

Um dos maiores medos do ser humano é perder dinheiro e nem tanto pela parte financeira, mas porque quando perdemos também acabamos admitindo para nós mesmos que erramos ao investir.

Este viés de comportamento chamado aversão a perda leva muitos investidores a vender suas posições vencedoras e manter as perdedoras na esperança de que um dia elas se valorizem.

“O mercado de ações foi feito para transferir dinheiro dos investidores ativos para os pacientes”. (Warren Buffet)

Gosto muito desta citação do Warren Buffet que demonstra como é importante o controle emocional para ter paciência antes de tomar decisões.

Mas será que o mundo financeiro é assim tão diferente de seu dia a dia?

A reflexão que acaba  por ficar é o porque em finanças seria tão diferente da nossa vida cotidiana, afinal a cada ano que passa vemos mais a importância e diferença que faz a inteligência emocional em nossas vidas.

O descontrole emocional leva a várias perdas na vida familiar, no seu emprego e não poderia ser diferente na sua vida financeira.

Uma das formas de contornar este caminho é se cercar de pessoas mais preparadas para te ajudar como um bom consultor financeiro ou assessor de investimentos, pois eles podem te ajudar a ponderar melhor as consequências de uma ação precipitada em seus investimentos.

 

Comunidade Marketing de Gentileza
Mário Mello, CEA, AAI
Mário Mello, CEA, AAI Seguir

Olá, eu sou Mário Mello! Te ajudo a realizar seus sonhos por meio da orientação financeira. Sou apaixonado por finanças, concluí um MBA nesta área, estudo e invisto há mais de 17 anos em renda fixa e variável

Ler conteúdo completo
Indicados para você