[ editar artigo]

O empreendedor e a jabuticabeira

O empreendedor e a jabuticabeira

Estava pensando na ansiedade que a ideia de se ter um negócio próprio gera nas pessoas. Lembrei-me da minha própria experiência quando me ocorreu pela primeira vez que eu poderia fazer aquilo que já sabia de forma virtual, melhorando e agregando melhorias nesse serviço, afinal estamos na era digital! Ouvindo a história dos meus clientes, constatei que há variações sobre o mesmo sentimento, porém, todos tem algo em comum: pressa!

A ideia de um novo empreendimento gera uma primeira sensação de empoderamento, de se estar de posse do Santo Graal dos negócios. Entretanto, os dias subsequentes trazem a dura realidade!

Os anseios nem sempre correspondem aos dias longos de espera pelos frutos que plantamos. Os medos de toda sorte acometem o empreendedor: medo de não crescer, de crescer muito, de vender o produto ou serviço nas mídias, de não vender o produto ou serviço em lugar nenhum, de não ter retorno rápido nos movimentos de marketing, de não saber fazer esses movimentos, de não conseguir atender todos os clientes com excelência, de não ter clientes, de ter que gerenciar pessoas, de ter que cuidar de tudo sozinho.

Lembrei-me então da jabuticabeira! Frutos tão deliciosos, de sabor inigualável, mas para degustá-los, temos que aguardar pacientemente de 10 a 12 anos até a árvore frutificar. É muito tempo, sabemos disso, mas nada se iguala a escalar essa planta, sentar-se num dos galhos, colher os frutos e saboreá-los lá de cima, lembrando com orgulho que fomos nós que plantamos a semente. 

Comunidade Marketing de Gentileza
Vera Helena Muniz Jd Londrina
Vera Helena Muniz Jd Londrina Seguir

Sou Vera, assistente virtual e prof. de inglês para executivos. Ajudo profissionais a crescerem no meio digital. Tb faço filtros para IG e FB. Meu foco: profissionais da saúde e pequenos empreendedores. Sinto-me feliz em facilitar a vida das pessoas!

Ler conteúdo completo
Indicados para você