[ editar artigo]

5 Maneiras de Fazer Marketing de Conteúdo Humanizado

5 Maneiras de Fazer Marketing de Conteúdo Humanizado

O que é marketing de conteúdo humanizado e como os profissionais de marketing digital podem quebrar o ciclo e criar conteúdo centrado no ser humano?

A Salesforce dá a dica neste relatório sobre o Consumidor Conectado: consta que 52% dos consumidores dizem que as empresas geralmente são impessoais. E vamos combinar que isso é bem verdade? O conteúdo genérico é um dos maiores pecados do marketing de conteúdo, mas também o mais comum.

Ser humano não é uma “estratégia” de marketing; é a base para construir uma marca forte e consistente.

Quanto mais sério e autêntico forem os seus conteúdos, mais significativas se tornarão as suas interações e melhor será a experiência da sua marca. Então, como ter a certeza de temos uma comunicação humanizada? Contando histórias fortes em seu marketing de conteúdo!

É dica de marketing de conteúdo humanizado que você quer? Então, toma!!!

Seja para o seu blog, uma newsletter ou para o seu feed do Instagram, você tem muitas oportunidades de mostrar humanizar o conteúdo por meio de histórias, conectar-se com as pessoas em um nível emocional e cultivar um relacionamento duradouro. Mas sabemos que chegar até as ideias certas nem sempre é fácil. Pensando nisso, andei pesquisando bastante sobre o assunto para poder compilar as melhores dicas.

O futuro do marketing está centrado no ser humano. Sem esse foco, apenas estaremos contribuindo para mais ruído na web!

A abordagem de conteúdo humanizado depende muito de 3 fatores importantes: PESSOAS, NEGÓCIOS e TECNOLOGIA. Ao integrar cada um desses fatores à sua estratégia de marketing de conteúdo, atrairá mais leads e vendas do que pode imaginar.

infografia sobre estratégia de marketing de conteúdo humanizado

Neste artigo você vai encontrar algumas das melhores maneiras de fazer marketing de conteúdo humanizado, juntamente com exemplos práticos de como grandes marcas já fizeram isso com sucesso.

Se você está procurando inspiração, espero que a encontre aqui. Vamos começar!

1. Aproxime as pessoas dentro do seu nicho

Criar uma comunidade é uma das melhores maneiras de trazer as pessoas para dentro da história da sua marca. Quando nos conectamos com as pessoas em torno de interesses, valores ou desafios comuns, criamos um sentimento de pertencimento que nos ajuda sentirmos que fazemos parte de algo significativo.

Existem muitas maneiras de fazer isso como uma marca, mesmo que você não possa "se encontrar" na vida real. Organize eventos virtuais, comece um grupo online, faça sessões de perguntas e respostas ao vivo com um especialista do setor, aposte em comunidades que incluam funcionários, colegas do setor e potenciais clientes.

Exemplo:Comunidade Marketing de Gentileza reúne produtores de conteúdos dos mais diversos backgrounds, mantendo os membros da comunidade conectados em torno do seu tema central, que é o marketing humanizado.

2. Compartilhe os valores éticos da sua empresa

Dizemos isso repetidamente porque é importante. Uma marca forte começa por definir bem o seu propósito, visão, missão e valores. Quanto melhor você comunicar os princípios básicos da sua marca, mais provavelmente as pessoas irão querer apoiá-la!

Se você ainda não fez isso, articule os princípios básicos de sua marca. Selecione ideias relacionadas a cada categoria: propósito, visão, missão e valores. Para obter mais inspiração, veja como essas marcas colocam seus valores em primeiro plano.

Exemplo: para homenagear o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, a Ikea criou um novo anúncio redefinindo a noção de como é um lar amoroso.

3. Fale COM as pessoas e não PARA elas.

O marketing de interrupção já era! O lance agora é o marketing de engajamento. Se você quer ser humano, aja como humano. Converse com as pessoas, pergunte sobre elas, descubra no que elas estão interessadas, qual o tipo de conteúdo verdadeiramente útil para o seu o público-alvo, etc.

Você pode engajar a sua audiência tanto com pequenas quanto com grandes ações. Faça perguntas, crie questionários, peça que avaliem um novo produto, solicite dicas, etc. As redes sociais são especialmente úteis para isso, pois coisas como pesquisas no Twitter ou desafios no Instagram facilitam o engajamento das marcas com as pessoas.

print do resultado de pesquisa Hubspot sobre marketing de conteúdo no Twitter

Exemplo: através de uma simples enquete, a Hubspot perguntou aos seus seguidores no Twitter sobre quais eram os seus maiores desafios de marketing de conteúdo. Com os resultados obtidos, fica mais fácil definir temas e formatos de conteúdos verdadeiramente úteis para essas pessoas.

4. Mostre os humanos por trás da sua marca

Desde a sua recepção, ao pessoal do armazém, existem muitas pessoas que fazem da sua marca o que ela é. Quanto mais você abre a cortina e mostra quem e o que torna a sua marca única, mais pessoas serão levadas a se engajar com o seu negócio.

Exemplo: em homenagem ao Mês do Patrimônio Asiático-Pacífico-Americano, os funcionários do Zendesk encontraram uma forma única de comemorar, elaborando um livro de receitas inspiradas na América do Pacífico Asiático.

5. Não tenha medo de demonstrar vulnerabilidade

Segundo dados da Salesforce, 54% dos consumidores dizem que está mais difícil do que nunca para que uma empresa ganhe a confiança dessas pessoas. É possível remediar isso fornecendo transparência e honestidade através do seu marketing de conteúdo, especialmente quando se trata de vulnerabilidades, erros ou falhas.

Quanto mais você se abre, mais pessoas podem vê-lo como humano e, em última análise, respeitar ainda mais você!

Se você cometeu um erro, peça desculpas sinceras. Se você falhou, mas aprendeu algo importante, transforme-o em um momento de aprendizado. Se você precisou de 100 tentativas para criar o produto perfeito, partilhe esse processo com as pessoas.

Exemplo: a diretora de marketing da Hubspot compartilhou os 10 principais erros que ela cometeu em Analytics, ajudando a transformar suas falhas em lições valiosas através das quais outros profissionais de marketing podem aprender.

Para concluir...

À medida que continuar afinado a sua estratégia de conteúdo, procure maneiras mais exclusivas de dar vida à sua marca em cada parte do conteúdo que você cria. Mas se você não tiver certeza de qual é a história da sua marca (ou como contá-la), não tenha medo de pedir a ajuda de um especialista.

Lembre-se sempre que a criação de conteúdo centrado no ser humano pode ajudá-lo a ficar à frente da sua concorrência. A maioria dos profissionais de marketing está muito ocupada rastreando métricas de vaidade que não os ajudam a expandir os seus negócios.

As pessoas são naturalmente mais atraídas por conteúdos que falam a sua língua. Produtores de conteúdo inteligentes criam peças que ajudarão outras pessoas não apenas hoje, mas também no futuro (evergreen content). Por isso, aposte no Marketing de Conteúdo Humanizado sem pestanejar! O sucesso é garantido :)

*

Qual dessas táticas você usa atualmente para criar conteúdo focado no usuário? Deixe sua dica nos comentários!


Conteúdo EXCLUSIVO da Menina Digital para a Comunidade mais gentil do Marketing na internet!

Comunidade Marketing de Gentileza
Cláudia Assis
Cláudia Assis Seguir

Especialista em Marketing Digital, com foco em Marketing de Conteúdo, SEO e Inbound Marketing. Amo fazer com que as ideias para qualquer negócio saiam do papel e sejam aplicadas de forma criativa e eficaz e estou aqui para ajudar a MdG a crescer! 🤓

Ler conteúdo completo
Indicados para você