[ editar artigo]

Já pensou em ter um mentor?

Já pensou em ter um mentor?

Vivemos uma Mudança de Era, com o surgimento de novas profissões e tecnologias. Para você ter uma ideia, estudos comprovam que seu filho, vai atuar em cargos que ainda nem existem.

Em uma palestra que assisti sobre o Futuro do Trabalho, foi mencionado sobre as Tendências Futuro, e foi trazido a tona dois conceitos: 

  • Empregabilidade:  uso do seu conhecimento, habilidades e especialização para atuar na empresa. 
  • Trabalhabilidade: uso do seu  conhecimento, habilidades e especialização que pode gerar renda para você ou outras pessoas no mundo. 

Percebe como o conceito de atuação muda? O que eu sei e aprendo não é determinado utilizado apenas na empresa, sou eu que tomo a decisão e trilho o meu SUCESSO.

Mas o que quero dizer com isso tudo?

Você precisa entender que vivemos em um "líquido" o chamado de MUNDO VUCA, onde a única certeza é a mudança.

E levando esse pensamento para as pessoas, percebo que todos estão agindo no seu dia a dia, sem ter essa consciência, principalmente em relação ao mercado de trabalho.

Como “regra”, você faz o mesmo que todos: Busca vagas, envia currículos, participa de processos seletivos e aguarda o retorno, que na maioria das vezes não é positivo.

Fazendo sempre do mesmo jeito, você é levado a pensar que não é necessário ter alguém ajudando o seu desenvolvimento profissional.

Ter um profissional que tenha expertise para auxiliar na criação de estratégias para a sua busca por vagas, ajudar no posicionamento profissional, na elaboração de um currículo, que coloque você de frente do recrutador e que ensine a como se destacar nas entrevistas, faz toda a diferença.

Os caminhos tradicionais que você tem usado, não estão te levando a lugar nenhum.

Isso porque você está fazendo igual a todo mundo.

Está dentro de um ciclo vicioso, que te deixa cada vez mais frustrado e sem energia.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

Por outro lado existem vagas e o recrutador necessita de alguém que se destaque.

   

Para se tornar um candidato diferenciado a ponto de chamar a atenção do recrutador, você precisa conhecer suas habilidades, demonstrar confiança, responder sem medo quais são seus Gap´s e atrelar isso ao que o mercado busca.

 

As oportunidades estão lá e “são as mesmas”. Quem precisa mudar é você!

Seu modelo de pensamento (mindset) precisa estar voltado para entender todo o cenário e interpretar o que precisa ser aprimorado.

Desta maneira, você passa a ser convidado para mais entrevistas, tendo assim sucesso com os currículos que envia, além de maiores chances de ser bem-sucedido.

E quando falo de ter sucesso em entrevistas e despertar o interesse, não estou falando apenas da entrevista atual que participa, e sim da marca que você deixa quando faz o processo. E mesmo que o seu perfil não seja aprovado para aquela vaga, o recrutador pode te indicar para outra, porque percebeu o profissional que você é, e isso é real!

E como funciona?

Mentoria é um acompanhamento personalizado, focado em você, com o objetivo de potencializar o que você tem de melhor, minimizar suas crenças militantes, entender suas habilidades e te direcionar para o que você precisa aprimorar.

A ideia é quebrar o ciclo de frustração, aumentando seu autoconhecimento, trazendo confiança, reforço de auto estima e entendimento do processo como um todo.

Realizar uma mentoria é conhecer como funciona o universo dos processos seletivos, aproveitar as oportunidades e se conhecer também.

E quais são os benefícios:

1. Autoconhecimento

Quem é você?

Tenho certeza que é essa pergunta te deixa perdido e você não é o único.

Muitas pessoas, quando questionadas sobre quem são ficam sem saber o que responder. Normalmente você não sabe falar sobre suas qualidades, defeitos, sonhos, resultados que alcançou e por aí vai, principalmente porque tem medo de falar algo que possa prejudicar o processo seletivo.

A etapa do autoconhecimento é primordial para o sucesso em todas as relações de sua vida, além de traçar um plano de ação para o seu aprimoramento.

E o entendimento que você deve ter, é que o recrutador que saber até que ponto você se conhece e o que faz para se aprimorar e não é uma pergunta vaga.

2. Valorização dos Relacionamentos

Mesmo hoje com as redes sociais estarem nas nossas vidas, algumas pessoas ainda se sentem desconfortáveis quando precisam interagir, essa capacidade de se relacionar é de extrema importância, até porque hoje um dos pontos mais importantes são habilidades emocionais (softskills).

3. Caminhos Novos

No início do processo de mentoria, você tem ideias e opiniões concebidas sobre vários assuntos, a maioria delas relacionadas aquilo que você acredita ou viveu.

A orientação do mentor abre um horizonte de novas ideias, possibilidades e um novo olhar que pode mudar sua percepção sobre os fatos.

Normalmente na busca pela recolocação, transição de carreira ou mesmo no momento de pedir uma promoção, você fica inseguro, desconfortável. 

E quando você tem alguém te ouve,  escuta, lembra do seu potencial, essa insegurança vai dando espaço para confiança novamente. 

4. Entenda o processo e saia na frente

Lembra que falei que todo mundo está fazendo o mesmo jeito?

Então, você tem a possibilidade de ser um diferencial logo no início, já que a sua busca por vagas não é igual aos demais, o seu mindset é de crescimento, com foco nas suas habilidades e resultados, você entende como funciona o processo, qual a intenção de cada pergunta e avaliação feita em uma dinâmica e com isso tem uma leitura melhor de todo o processo.

Conclusão: 

O importante é que você entenda que hoje para se destacar em qualquer coisa que você deseja, é fazer diferente dos demais e isso tem sido um problema. 

É difícil sair da nossa zona de conforto, mas somente fora dela é que conseguimos conquistar o mundo. 

Fez sentido para você? Já teve um mentor que te ajudou nessa construção? Compartilha comigo.

Comunidade Marketing de Gentileza
Priscilla Couto
Priscilla Couto Seguir

Sou Mentora de Carreira, apaixonada pelo Linkedin que me fez chegar até aqui. Sempre atuei em Callcenter em 2018 me reinventei, trabalhando diretamente com Desenvolvimento de pessoas. Capricorniana nata que adora post ir e canetas coloridas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você