[ editar artigo]

5 Dicas para praticar a Gratidão todos os dias

5 Dicas para praticar a Gratidão todos os dias

Você já reparou que quando nos tornamos conscientes sobre algo e passamos a prestar mais atenção, aquilo começa a surgir com mais frequência?

É isso mesmo: quando nos concentramos em um tema, ele começa a ficar cada vez mais presente, parece até que, de repente, está em todos os lugares!

Talvez você já tenha ouvido falar em “Sistema Ativador Reticular”, ou S.A.R., para os íntimos. Esse sistema fica em nosso cérebro, sendo o responsável pela filtragem de toda informação que processamos. Já que não damos conta de absorver todos os estímulos que estão à nossa volta, o S.A.R. funciona como um filtro, deixando entrar somente a informação que é relevante. Isso é o que nos permite focar nas coisas importantes.

Então, que tal se focar nos motivos que você tem para ser grato à vida?

Pessoas que são gratas tendem a ser mais felizes e saudáveis. Pesquisas científicas mostram que existem relações entre o sentimento de gratidão e o bem-estar emocional e social, além de melhoras significativas na lida com o estresse e sintomas dele derivado.

A gratidão vem da capacidade de ressignificar o que acontece em nossas vidas, ajudando a adotar um olhar e atitude mais positivos em relação ao mundo. E, com isso, mudando o nível de satisfação com o que vivemos e experienciamos.

Ao mudar de atitude perante ao que acontece ao nosso redor, estando mais abertos, mudamos também a forma como recebemos o conteúdo que chega de fora.

Nossos filtros são reprogramados para perceber as situações de outra maneira. Aquela história de que “nem todo dia é bom, mas todo dia tem algo de bom” não poderia ser mais verdadeira, e é o que logo constatamos quando deixamos nossa atenção voltada para as pequenas coisas que acontecem no cotidiano.

Confira essas dicas para reprogramar sua percepção:

  1. Comece Pequeno: que tal pensar em uma coisa boa que aconteceu no seu dia?
  2. Faça disso uma rotina: é importante que todas as noites você pare e reflita sobre seu dia. Procure ao menos uma coisa ou momento pelo qual seja grato. A facilidade que você tem em pensar e localizar essa coisa é um ótimo termômetro de como está sua vida hoje;
  3. Registre: assim que você escolher uma ou mais coisas pela qual é grato, anote em um papel (tudo bem, vale até fazer uma planilha ou anotar na agenda);
  4. Continue: persista no exercício e verá que aos poucos ele vai ficando mais natural, podendo virar um hábito. Você vai se acostumando a encontrar bons momentos em seu dia, podendo até se proporcionar mais momentos prazerosos, já que está tão atento agora ao que lhe faz bem;
  5. Releia: de tempos em tempos, volte às anotações e se reconecte com o que vem anotando. Esse momento pode ser como um feedback, no qual tem a chance de, a partir de sua própria percepção, descobrir o que mais tem lhe feito bem, a frequência com que as coisas se repetem, o que poderia aumentar, diminuir e até o que, apesar de tão presente na rotina, nunca é motivo de agradecimento.

Que tal aproveitar a virada do ano para começar a anotar seus bons momentos? Deixe um bloco em sua mesa de cabeceira e anote todas as noites, antes de ir dormir. Pode ser um passeio, um telefonema, algo gostoso que tenha comido no jantar, ou mesmo um banho quente e relaxante no fim do dia. O importante é encontrar aquilo que lhe faz bem.

Saber reconhecer o que há de bom em sua rotina é um exercício de expansão de consciência e de felicidade, pois além de resultar em maior autoconhecimento, possibilita ajustes na rotina para acrescentar ou retirar determinados estímulos.

Esse hábito também funciona como uma reserva emocional para que em momentos de crise, você esteja apto a reconhecer pequenas coisas que lhe fazem bem mesmo em meio a um turbilhão.

E lembre sempre: as dificuldades passam! O ser humano tem a incrível capacidade de se adaptar e ser flexível, podendo ressignificar eventos, aprender coisas novas e mudar ou descartar velhos hábitos.

Comunidade Marketing de Gentileza
Tatiane Lucheis
Tatiane Lucheis Seguir

Escritora Criativa e Produtora de Conteúdo. Uma leitora que não sai de casa sem ter pelo menos um livro como companhia. Apaixonada por contar histórias.

Ler conteúdo completo
Indicados para você