[ editar artigo]

Criatividade - como expressar seu potencial criativo

Criatividade - como expressar seu potencial criativo

O que é criatividade? Ouvimos tantas pessoas falarem que “não são criativas” por não saberem desenhar, encenar uma peça, tocar instrumento, limitando, assim, a criatividade ao meio artístico.  Mas isso não faz sentido e posso provar! Quer descobrir como expressar seu potencial criativo? Vem comigo!

Acredito que a criatividade seja a competência mais democrática e universal. Isso porque a criatividade envolve uma habilidade inventiva aplicável a qualquer área do conhecimento, seja linguagens, matemática, ciências da natureza, humanas e até nas formas de expressão da espiritualidade.

Seja para quem tem competências cognitivas voltadas para o campo abstrato, existencial, lógico ou quem está imerso, de alguma forma, em todos esses universos.

Vamos lá ao meu fiel companheiro, o dicionário:

Criatividade: qualidade de criativo. Capacidade criadora; inventividade. Criativo: que é capaz de criar, inventar. Que favorece a criação, de imaginação. Criação: obra criada por uma ou mais pessoas; produção, realização, invento. Criar: realizar obras originais. Dar existência a. Fundar. Imaginar. Educar, instruir.

Isso só para resumir!

A criatividade se expressa se expressa (sem se limitar) a todas as áreas fundamentais do conhecimento humano:

  • ciências matemáticas, físicas, químicas e biológicas;
  • geociências;
  • ciências humanas;
  • filosofia; letras; artes...

Pense no Prêmio Nobel!

A premiação mundial que titula e homenageia principais pessoas que desenvolvem trabalhos, ações e pesquisas em benefício da humanidade.

Oficialmente em cinco categorias: Química, Física, Fisiologia ou Medicina, Literatura e Paz. E a Economia e a Matemática são áreas que também concorrem em honrarias semelhantes.

  • Albert Einstein, um dos principais nomes da física, ganhou o Nobel em 1921.
  • Marie Curie foi laureada com os prêmios Nobel de Química e Física.
  • Destaques recentes do prêmio Nobel da Paz são: a paquistanesa Malala Yousafzai por sua luta pelo direito das mulheres à Educação; jornalistas Maria Ressa e Dmitry Muratov por defesa da liberdade de expressão como “pré-condição para a democracia e para uma paz duradoura'.

Mas calma! Não é preciso ir tão alto. A criatividade não precisa ser expressa em alcance global. A ideia foi mostrar que esses profissionais são destaque por seus talentos e ações em diferentes áreas e com diferentes objetivos.

Ou seja, a criatividade pode ser expressar de múltiplas formas. Seja na gestão de projetos, recursos e pessoas. E na criação e desenvolvimento de produtos para todos os tipos de setores e com múltiplos objetivos. Seja na Moda, no Esporte, na Nanotecnologias. Na mais lógica e racional ciência ao campo mais abstrato. Na decoração, gastronomia e marketing. Na literatura e na gama de atuação da engenharia. E por aí vai...

Elementos da Criatividade

Olha que interessante... Encontrei um artigo da @rockcontent sobre como estimular o potencial criativo em que citam alguns elementos da criatividade, inspirado no livro O DNA do Inovador, de Jeff Dyer, Clayton M. Christense e Hal Gregersen.

  • Capacidade de Associação
  • Questionamento
  • Observação
  • Networking
  • Experimentação

E ainda melhor, criatividade é competência que se aprende, que se aprimora e que se compartilha.

A criatividade beneficia:

  • a comunicação e suas formas de expressão;
  • os processos de gestão, de desenvolvimento de processos, produtos e pessoas;
  • o planejamento estratégico empresarial;
  • a organização das atividades;
  • o reaproveitamento de materiais, recursos, espaços etc.

Autoconhecimento para despertar do potencial criativo

“A imaginação é nossa fábrica de sonhos e a criatividade uma capacidade para a autorrealização. Expressar o que sentimos e pensamos nos faz mais corajosos para arriscar e mais confiantes em nossas atitudes. Bloquear a criatividade pode nos tornar inibidos e inseguros e com dificuldade de comunicação”, Laize Barros, em seu e-book “Aprenda Mais sobre Você”.

Escrever é a melhor forma que encontro para expressar minhas emoções, articular meu raciocínio, estruturar meus projetos. Sem dúvida, meu “potencial criativo” sempre foi expresso através da escrita com maior identificação para a área de Humanas.

Desde os diários da adolescência, dos cadernos de poesia, das infinitas redações, dos artigos sobre Educação e comportamento humano até tudo isso se tornar formalmente escolha profissional – jornalismo, Comunicação Social.

Quem são os profissionais da sua área de atuação que se destacam pela criatividade?

Eu sou da área de Humanas e logo abaixo desataco algumas referências de pessoas multitalentosas e criativas próximas e de profissionais que o LinkedIn me apresentou:

  • Tatiany Lukrafka - Jornalista e ainda programadora. E que faz as minhas segundas-feiras mais felizes com seu “Plantão Linkedinho” de humor no Linkedin sobre temas variados sobre mercado de trabalho, negócios, networking... (Cheguei até achar que ela era uma personagem fictícia. Ou é? Nunca saberei!) # teoria da conspiração
  • Thiago Piquet – pausa para tietar o irmão. Ele que é Produtor Cultural, Bailarino, Ator, entre outras competências e habilidades. Além de atuar na Companhia de Ballet da Cidade de Niterói (RJ), na coordenação de produção, logística e técnica do espetáculo, fundou a T.Piquet Cultura e Arte para prestar apoio a empreendedores e artistas na elaboração e execução dos seus projetos.

Como você expressa o seu potencial criativo?

“Aprenda Mais sobre Você”

Chego ao fim da jornada de autoconhecimento e autoliderança proposta pela Laize Barros, que me acompanhou ao longo dessa especial trilha de aprendizagem através de seu e-book “Aprenda Mais sobre Você”.

Foram 11 desafios traduzidos em 11 perguntas motivadoras referentes aos seguintes temas centrais: descoberta, consciência, emoção e empatia, intenção, procrastinação e descanso, começos e recomeços, relacionamentos, talentos, autoliderança, medo e coragem e criatividade.

Este artigo foi inspirado na pergunta-desafio 11 de 11.  

Agradeço, mais uma vez, a Laize e a quem se propôs a vivenciar comigo essa imersão de autoconhecimento. Gratidão!

E quem ainda não se desafiou nesse propósito pessoal de autoconhecimento, desafie-se a “tornar-se a melhor versão de si”.  Até mais!

 

Comunidade Marketing de Gentileza
Bianca Piquet
Bianca Piquet Seguir

Formada em Comunicação Social, Jornalismo, e pós em Marketing Educacional. Minha paixão está nas áreas da Educação e Ação Social. Sou freelancer produtora de conteúdo e analista de mídias sociais. Vamos compartilhar conhecimentos e experiências?

Ler conteúdo completo
Indicados para você