[ editar artigo]

Compra de seguidores vs Humanização de marca

Compra de seguidores vs Humanização de marca

Qual o preço da popularidade?

A compra de seguidores é uma busca que se tornou comum no digital e principalmente no Instagram.  É como se você parecesse"popular" apenas pagando por isso, parece ótimo, mas não é!

Paparazzi Selena Gomez GIFs - Get the best GIF on GIPHY

Vale tudo pelo  "arrasta pra cima"?

Buscar "formulas mágicas", caminhos que prometem resultados incríveis com tempo e esforço mínimo pode parecer tentador, mas não caia nessa! 

Sem esforço não há resultados duradouros - Mariana Mello Machado

A famosa métrica da vaidade! A compra de seguidores pode resultar em inúmeros problemas, como, por exemplo: ter a sua conta bloqueada, queda no engajamento, cair no shadowban (uma espécie de limbo do Instagram, ou seja, seu conteúdo vai sumir dos feeds como uma punição) e por aí vai...

Ah, mais então eu não devo buscar aumentar meus seguidores só por se tratar de uma métrica de vaidade? 

Pode! Desde que o aumento de seguidores seja consequência de um trabalho de marca bem posicionada e adorada por seus seguidores REAIS! O problema não está em querer muitos seguidores e sim em buscar atingir isso de forma errada. 

O melhor jeito de conquistar seguidores

Se você quer crescer, não deve se preocupar com seguidores a todo custo. Tem um jeito certo de fazer isso!

Pare de buscar aumentar seus seguidores e fortaleça o relacionamento com sua base.

Lynda Barry, tem esse ditado: “Em nossa era digital, não esqueça de usar suas digitais!” Suas mãos são os dispositivos digitais originais. Use-as."

Então anote aí essas 4 dicas simples e valiosas:

  1. Conteúdo: foque em entregar o melhor conteúdo, algo que faça a diferença na vida de seu seguidor;
  2.  Relacionamento: Se relacione de forma pessoal e humanizada com as pessoas que já te seguem, não importa se são 100 ou 10.000;
  3. Frequência: Produza conteúdo com frequência, crie um cronograma de postagens que você sempre dê conta de aparecer, sem sumir;
  4. Humanização: Apareça, coloque o rosto nas redes, no começo pode parecer embaraçoso, mas te garanto que passa! Se posicione, quais bandeiras você levanta? Quem é você? 

Fazendo isso você cria um ecossistema de pessoas que admiram você e sua marca e isso vai organicamente trazendo mais pessoas para perto.

Assim, você aproxima pessoas com interesse genuíno em seus conteúdos, negócios e evita ter um número de seguidores só por vaidade que no fim não trazem lucro nenhum.

Vamos fortalecer essa corrente? Comente aqui uma dica de humanização de marca que você mais utiliza no seu negócio. 

Coracao GIFs | Tenor

Comunidade Marketing de Gentileza
Alisson Simeão
Alisson Simeão Seguir

Gestor de Comunidade no Marketing de Gentileza. Sou profissional de Marketing Digital. Ajudo pessoas a descobrirem o seu potencial digital criando uma conexão verdadeira com o seu público, através de estratégias digitais acessíveis e cativantes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você