[ editar artigo]

Como criar o hábito de produzir conteúdo e vencer a procrastinação

Como criar o hábito de produzir conteúdo e vencer a procrastinação

Inicio esse artigo com uma reflexão de Gary Vaynerchuk, CEO da Vaynermedia, que traduz perfeitamente a importância da produção de conteúdo na atualidade:

“Se você não está colocando conteúdo relevante em lugares relevantes, você não existe.”

A importância da criação de conteúdo é que através, dessa estratégia é possível construir sua autoridade, ensinando e ajudando as pessoas, com conteúdo relevante.

Ao fazer isso as pessoas impactadas por esse conteúdo começam a enxergar o produtor daquele conteúdo como um expert e dessa forma a autoridade da pessoa é construída.

Ou seja, a produção de conteúdo é uma estratégia essencial para todos os profissionais que desejam se destacar nas redes sociais. E esse profissional não precisa aprender algo novo para começar a escrever, o que ele precisa é simplesmente colocar seu conhecimento, sua experiência e vivência em formato de texto e publicá-lo nas redes sociais para começar a ganhar a tão sonhada notoriedade que deseja.

Mas se é algo tão simples como aparenta, por que há tanta resistência em fazer isso?

Por que as pessoas relatam tantas dificuldades em criar esse hábito e vivem procrastinando a produção de conteúdo?

A arte de criar novos hábitos!

É importante entender que há dois tipos de hábitos que podemos criar:

Hábitos que dão prazer imediato e hábitos que só vamos visualizar seus resultados a longo prazo.

Isso significa que se a partir de hoje você for comer uma sobremesa, como um chocolate após o almoço, essa prática rapidamente será um hábito diário na sua vida, pois ao comer a sobremesa você tem um prazer imediato.

É exatamente por esse mesmo motivo que mais de 50% das pessoas pagam academia e não vão. Elas fecham aqueles planos semestrais ou anuais e logo desistem, antes de tornarem a prática um hábito, porque os resultados levam um tempo para aparecer.

Por outro lado, se começar produzir conteúdo nas suas redes sociais, isso levará um tempo incerto para você começar a colher os resultados dessa prática. Muitas vezes, você vai se sentir “conversando com as paredes”, isso acontece com todo mundo.

Criar um hábito implica fazer um esforço para adaptar-se a uma nova rotina que antes era desconhecida. Consequentemente, para criar um hábito é necessário ter consistência e perseverança. São elas que terão que enfrentar a tentação de desistir quando ainda não é possível enxergar os resultados dos nossos esforços.

Que coragem é necessária para publicar conteúdo na internet?

Essa foi a pergunta que o escritor e produtor de conteúdo Kalew Nicholas certa vez recebeu, e a resposta dele é surpreendente:

“O fato é que você não precisa de coragem nenhuma pra publicar textos e vídeos na internet. Você precisa é aprender que, no meio de um mar de conteúdo, você provavelmente vai ser ignorado.”

Nicholas ressalta que ao pensar desta forma, você não vai criar altas expectativas e gerar ansiedade e deste modo qualquer engajamento que você receber será lucro.

Essa explicação está muito relacionada ao que realmente está por trás do ato de procrastinar.

O que é procrastinação e como ela pode impactar a sua saúde mental?

Quem nunca procrastinou algo na vida que atire a primeira pedra.

Infelizmente procrastinar é mais comum do que imaginamos. Confesse o que você já procrastinou? Iniciar uma dieta, começar a estudar um novo idioma, estrear aquela roupa nova para voltar a fazer exercícios, ou lançar-se como produtor de conteúdo nas redes sociais?

Seja lá o que for, muitas pessoas colocam a culpa na procrastinação. Mas o que é isso?

Procrastinar é a ação de adiar algo ou prolongar uma situação, ou seja, postergar, retardar, atrasar e prorrogar alguma ação, ou seja, acontece quando você deixa um assunto para resolver depois.

Sabemos que é importante priorizar atividades, no nosso dia a dia, mas adiar sempre as coisas se tornando uma ação corriqueira, chega a ser prejudicial para a saúde mental, pois as demandas vão se acumulando, o gesto, que à primeira vista parecia simples, acaba gerando várias emoções negativas, como frustração, incapacidade e insegurança.

As raízes da procrastinação

É comum escutar que procrastinação é um costume de pessoas preguiçosas, e esse pensamento chega a ser imprudente, porque é preciso entender as causas da procrastinação que podem ser psicológicas e fisiológicas.

A ansiedade, o medo da rejeição ou reprovação (na verdade está ligado a autoestima), o perfeccionismo, são alguns dos obstáculos encontrados.

A falta de autoconhecimento também pode desencadear a procrastinação, pois como já foi dito no começo deste artigo é necessário ter consistência e perseverança, ou seja, a pessoa precisa realmente ter uma boa dose energia diária para ter vontade de engajar nas redes sociais, não apenas produzindo conteúdo, mas também interagindo as pessoas, afinal essa atividade não é isolada.

E o autoconhecimento entra nessa questão, pois nem sempre as pessoas compreendem o porque elas fazem parte daquela rede social ou se o tema escolhido para sua produção de conteúdo está ligado ao seu propósito. E no decorrer deste caminho, dúvidas vão surgindo ao mesmo tempo que a motivação vai desaparecendo.

Dica de ouro: Permita-se ser um produtor de conteúdo iniciante

Certa vez assisti uma aula do professor Pasquale sobre redação. E ele dizia que há algo em comum entre o hábito de fazer redação e a natação: a prática.

Quando entramos numa escola de natação, não levamos caderno e caneta para termos aulas teóricas de como aprender a nadar. Simplesmente entramos na piscina e começamos os primeiros exercícios práticos.

A redação apesar de ter uma teoria de como fazer, só ganhará a plenitude com a prática, ou seja, quanto mais escrevermos melhor ficará nosso texto.

Eu sou a prova viva disto, basta olhar meus dois primeiros artigos para você ver que eu não tinha ideia de como escrever artigos no LinkedIn, já o meu terceiro artigo viralizou e foi um marco na minha produção de conteúdo.

Nenhum atleta iniciante ganha medalha de ouro, mas a sua persistência o levará neste caminho, assim como você também colherá os resultados, mas antes disso permita-se ser um produtor de conteúdo iniciante.

A prática tornará você cada melhor! 😉

Muito obrigada por sua leitura! 🙏😊

Comunidade Marketing de Gentileza
Aline Barbara de Oliveira
Aline Barbara de Oliveira Seguir

Sou professora, palestrante, escritora e especialista em Marketing e LinkedIn, com formação em Comunicação Social, ADM e Pedagogia, enfim sou uma eterna aprendiz, defensora da inclusão e diversidade.

Ler conteúdo completo
Indicados para você