[ editar artigo]

#Checklist: 21 Passos para melhorar o SEO Técnico do seu site

#Checklist: 21 Passos para melhorar o SEO Técnico do seu site

Problemas com o SEO técnico podem interferir diretamente nos resultados obtidos a partir dos seus esforços dentro da sua estratégia de Search Engine Optimization.

Se pretende garantir que as suas páginas em sites e blogs estão estruturadas tanto para humanos quanto para os 'bots' dos motores de busca, compreender a importância do SEO Técnico dentro da sua estratégia é essencial. Até por que, a estrutura técnica de um site pode ter um impacto enorme no seu desempenho. Daí a necessidade fundamental de entendermos bem esses princípios.

Search engine optimization é o processo de otimização um site para os motores de busca, o que significa que os profissionais que executam esse trabalho precisam ter, pelo menos, um conhecimento básico do que, efetivamente, estão otimizando!

E você deve estar se perguntando: "mas se estamos falando de SEO técnico, eu não deveria passar esse conteúdo diretamente para os meus programadores?" Bem... sem dúvida, os web developers devem estar cientes dessas dicas. Porém, é importante que os redatores de conteúdo e web designers também saibam mais sobre o assunto, a fim de que todos os envolvidos na construção do seu site estejam na mesma página.

Mas final, o que é SEO técnico?

SEO técnico é o processo de garantir que um site atende aos requisitos técnicos dos motores de busca modernos, com o objetivo de melhorar a classificação orgânica dessas páginas. Elementos importantes do SEO técnico incluem rastreamento, indexação, renderização e arquitetura do site.

No nível mais básico, o Google e outros mecanismos de pesquisa precisam ser capazes de encontrar, rastrear, renderizar e indexar as páginas do seu site. Daí a importância crucial da otimização do seu site ou blog a um nível mais técnico.

Com a ajuda das dicas abaixo, será possível fazer uma auditoria de SEO Técnico e transformar o seu site em uma potência aos olhos dos motores de busca.

1. Instale o Google Search Console ✅

Google Search Console é a principal ferramenta de SEO que você usará para depurar qualquer problema técnico de SEO. A melhor parte desta ferramenta Google é que é totalmente gratuita.

2. Defina um domínio preferido ✅

Você pode fazer isso no WordPress ou em outras plataformas próprias para esse objetivo.

3. Incentive os mecanismos de busca a indexar o seu site ✅

Certifique-se de não marcar a caixa com a seguinte instrução “Discourage search engines from indexing this site”.

4. Crie um XML Sitemap ✅

Um XML Sitemap é um arquivo que ajuda os mecanismos de busca a saber como o seu site está estruturado e a descobrir melhor as páginas mais importantes.

5. Envie o XML Sitemap ao Google ✅

Depois de criar um XML Sitemap, você está pronto para enviá-lo ao Google.

6. Verifique o seu site com uma ferramenta de inspeção de URL ✅

Faça login em seu novo Google Search Console Report e digite os URLs das páginas mais importantes.

7. Crie um arquivo Robots.txt ✅

Robots.txt é um arquivo localizado no diretório raiz que informa às “spiders” do mecanismo de pesquisa quais páginas eles podem rastrear.

8. Torne o seu site compatível com dispositivos móveis ✅

Após o “Mobile First-Indexing update”, o Google considera a versão móvel dos sites como a principal a ser classificada.

9. Torne o seu site rápido ✅

Ter um site de carregamento rápido é essencial se você realmente deseja obter mais tráfego e, especialmente, ser competitivo após a atualização da indexação para dispositivos móveis.

10. Tenha um site responsivo ✅

Ter um design responsivo permite que você dê a mesma experiência aos utilizadores, seja na versão desktop seja na versão mobile, com um layout que se adapta automaticamente à tela através da qual os utilizadores estão navegando no seu conteúdo.

11. Crie URLs amigáveis para SEO ✅

Se você estiver no WordPress, poderá definir links permanentes amigáveis para SEO acessando “Settings” e clicando em “Permalinks”.

12. Identifique erros de rastreamento ✅

Vá ao seu novo Google Search Console Report e clique em “Coverage” e lá você poderá verificar se há algum erro de rastreamento.

13. Crie páginas 404 eficazes ✅

Você pode criar uma página 404 personalizada que ajude os utilizadores a encontrar o que procuram. Você vai transformar uma experiência ruim em uma boa experiência.

14. Defina Redirecionamentos 301 Corretos ✅

Os redirecionamentos 301 permitem que você redirecione permanentemente o tráfego de um URL antigo para um novo.

15. Corrija links quebrados ✅

Um link quebrado é um link externo que você tem em seu site e que aponta para uma página que não existe mais.

16. Mude para HTTPS ✅

Ter um site HTTPS também aumenta a experiência do utilizador, pois quando você usa o Google Chrome, por exemplo, você tem uma nota “Seguro” que identifica sites HTTPS e uma indicação “Inseguro” para sites HTTP.

17. Corrija problemas de conteúdo duplicado ✅

Conteúdo duplicado é aquele que aparece na internet em mais de um lugar.

18. Use Hreflang para sites multilíngues ✅

Hreflang faz o que rel=canonical faz, mas para sites multilíngues. Na verdade, ajuda a resolver o problema de conteúdo duplicado, mas traduzido para idiomas diferentes.

19. Use dados estruturados ✅

Ao adicionar dados estruturados, você torna o trabalho dos mecanismos de busca mais fácil e aparece na SERP (Search Engine Results Page) em resultados avançados como Imagens, Artigos, Vídeos, Negócios Locais, Pessoas e Organizações.

20. Defina corretamente os Breadcrumbs ✅

Breadcrumbs são os indicadores que representam o caminho percorrido pelo visitante dentro de um website.

21. Configure as páginas AMP ✅

Accelerated Mobile Pages (AMP) são um projeto lançado pelo Google e apoiado por várias grandes empresas como Twitter, Pinterest e LinkedIn. As AMPs carregam mais rápido do que as páginas tradicionais em dispositivos móveis, pois usam uma versão HTML simples.

Para concluir...

Resumindo e conluindo... se houver problemas com o seu SEO técnico, é provável que seus esforços de Search Engine Optimization não gerem os resultados esperados. Ou seja: o SEO técnico é uma etapa muito importante em todo o processo de SEO e ponto final!

Por isso, certifique-se de que você entende o que é SEO técnico e como fazer isso da maneira certa. A boa notícia é que, depois de fazer uma auditoria técnica de SEO do seu site ou blog e corrigir quaisquer problemas em potencial, não terá que lidar com ele novamente, a não ser fazer auditorias de SEO periódicas.

NOTA FINAL: Lembre-se de que a palavra "técnico" implica que é preciso ter algum conhecimento técnico para realizar algumas das tarefas acima listadas (como otimização da velocidade da página, adicionar dados estruturados etc), mas é necessário fazer isso, caso contrário, o seu site não atingirá todo o seu potencial.

💡 Curtiu esse conteúdo? Conhece alguém que conferir essas dicas? Partilhe esse artigo com a sua rede agora mesmo!


Fonte: este artigo foi publicado primeiro na Menina Digital

Comunidade Marketing de Gentileza
Cláudia Assis
Cláudia Assis Seguir

Especialista em Marketing Digital, com foco em Marketing de Conteúdo, SEO e Inbound Marketing. Amo fazer com que as ideias para qualquer negócio saiam do papel e sejam aplicadas de forma criativa e eficaz e estou aqui para ajudar a MdG a crescer! 🤓

Ler conteúdo completo
Indicados para você