[ editar artigo]

Branding não é identidade visual

Branding não é identidade visual

Brandingé mais do que a logo, as cores ou a tipografia; também é mais do que o produto ou as promessas de uma empresa. Na verdade, é o espaço em comum onde todos esses elementos se encontram.

Como diz Marty Neumeier, é onde design e negócios interagem.

A marca (brand), então, é o resultado dessa interação.

É o que o cliente sente durante o contato com os produtos ou serviços da empresa e o que ele diz aos amigos e familiares. 

Agora, pensa aqui comigo: cada pessoa é única, com vivências e crenças singulares, certo?  Então, uma marca pode assumir diferentes significados

Com a campanha de dia dos pais junto ao Thammy Miranda, a Natura impactou positivamente diversas pessoas pelo Brasil que defenderam o seu posicionamento.

Mas, ao mesmo tempo, impactou negativamente um grupo que optou pelo seu boicote. 

Ou seja, devido às experiências, crenças e valores de cada consumidor, a Natura tem reputações diferentes. 

E tudo bem!

A empresa não voltou atrás e pediu desculpas - manteve sua colocação porque é o que está de acordo com a sua proposta: não ter apenas um discurso legal, mas atitudes diárias para deixar o mundo mais bonito.

É esse o papel de uma marca: contar uma história e ser consistente. 

Marcas têm personalidade, razão de existir, propósito e poder de transformação.

E investir em branding é externalizar tudo isso para se conectar com os consumidores e humanizar a comunicação. 

 

 

*gestão de marca


Deixo aqui o conteúdo que foi referência para a construção do texto :)

What is branding? A deep dive with Marty Neumeier

Comunidade Marketing de Gentileza
Lohraynne Fernandes
Lohraynne Fernandes Seguir

Graduanda de Turismo e apaixonada por Marketing de Conteúdo. Gosto de conhecer diferentes caminhos e compartilhar tudo que aprendo por aí :)

Ler conteúdo completo
Indicados para você