[ editar artigo]

Autoconhecimento, coragem e atitude

Autoconhecimento, coragem e atitude

Coragem é uma força moral, uma competência, uma virtude a ser aplicada na vida pessoal e profissional. Uma força que nos leva a agir. Uma atitude que nos impulsiona a transformar a nossa realidade. Como ser uma pessoa corajosa? Nesse artigo você aprender a desenvolver a coragem através de um exercício de autoconhecimento. Uma atividade pessoal que quero realizar e responder junto com você. Vamos lá! Coragem!

Vamos juntos em um processo de autoconhecimento e autoliderança guiado e inspirado pela psicóloga Laize Barros em seu e-book “Aprenda mais sobre você”. Um livro em que ela propõe uma série de questionamentos e reflexões construtivas. Este artigo é inspirado no desafio 10 de 11, o qual ela começa dizendo:

“Coragem é agir com o coração, um coração sem medo!”

O que é coragem?

“Coragem é a força ou energia moral diante de situações aflitiva ou difíceis. Intrepidez, ousadia, bravura” – diz o dicionário Larousse Cultural.

De forma mais poética, Guimarães Rosa eternizou a seguinte mensagem:

“A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.”

Então vamos lá! ❤️

O que fazer para ter um coração sem medo?

📌Para responder a essa pergunta título Laíze sugere o seguinte exercício:

  • Crie uma lista de seus maiores “medos, temores, fantasias e perigos”. Respire e pense profundamente sobre situações aflitiva ou difíceis que afetaram as suas emoções. Busque, em sintonia, identificar a origem destes sentimentos.
  • Terminada essa etapa, que pode ser difícil reconhecer, chega o momento de pensar em possíveis soluções para essas emoções.

A ideia, indicada por ela, é fazer com você perceba que tem liberdade de escolha para criar ações práticas a fim de superar emoções negativas.

Lembre-se: não há resposta errada! Você é responsável por suas escolhas! Ninguém te conhece melhor do que você.

Por exemplo:

  • Se o seu medo está ligado a carreira, por exemplo, a tomada de decisão pode ser voltada para a transição profissional, para um pedido de aumento, a realização de um novo curso para aprimorar conhecimentos, realizar networking autêntico, entre outras oportunidades.
  • Quem sabe uma mudança de hábito, seja para abandonar hábitos nocivos ou adotar novas atividades que lhe proporcionem bem-estar: alimentação, exercício físico, atividade artística, etc.
  • Pode ser que seja algo mais complexo, e a ação positiva pode estar na coragem de buscar um terapeuta ou outro tipo de ajuda profissional.
  • Ainda pode ser aquela viagem dos sonhos; terminar um relacionamento tóxico; abrir seu próprio negócio; fazer uma tatuagem... As possibilidades são infinitas!

O importante é entender que a coragem demanda uma ação.

Começa na atitude de assumir a autorresponsabilidade pelo seu próprio destino e escolha. Então há o processo de autoconhecimento de identificar os próprios sonhos, competências e medos. Por fim, o protagonismo de agir para a mudança. A atitude de buscar a transformação da própria vida. “Seja a mudança que você quer ver no mundo”, Gandhi. O seu mundo!

É fácil? Nem sempre! Mas é preciso! E é para melhor.

📝 Como reconhecer nossas emoções e sentimentos.

Construímos Inteligência emocional quando conseguimos equilibrar a nossa mente racional e emocional em uma saudável harmonia. Reconhecer e nos conectar com nossas emoções e sentimentos requer, primordialmente, um processo contínuo de autoconhecimento. De preferência, que seja vivenciado com empatia e autocompaixão. Aceite-se! Permita-se! Liberte-se!

“Você consegue nomear o sentimento que define o que está acontecendo em sua vida neste momento?”

Minha resposta pessoal ao exercício de autoconhecimento - Sobre os medos que me afetam nesse momento é: um estado de ansiedade diante da pandemia, do caos político e social. Temor pelo ódio compartilhado nas redes e ruas. Dor de ver negacionismo e fake news vencerem o bom-senso, a Educação e a Ciência. Desesperança pelo futuro. De não conseguir encontrar recursos físicos, financeiros e psicológicos para lidar com esses problemas maiores.

📝 🌻 Como encontrar coragem para agir?

📌Conexão

Um passo simples é: conectando-se com pessoas e causas que espelhem sentimentos de força, coragem, solidariedade e empatia. Eu teria mil nomes a citar (ainda bem), mas tentarei ser breve:

🌻 Laíze Damasceno 🏳️‍🌈, que criou essa Comunidade Marketing de Gentileza, em defesa de um mundo mais gentil, empático e humano.

🌻 Bia Diniz, fundadora da Cruzando Histórias. Alguém que assumiu o sonho e compromisso de se dedicar de forma empática ao empreendedorismo feminino.

🌻 Corina Haaiga, escritora e fundadora do movimento social Você Importa, do qual me tornei voluntária. Uma iniciativa ainda pequena em estrutura, mas com uma causa gigante a ser defendida: saúde mental, valorização da vida e prevenção ao suicídio.

🌻 Maria Vitória, que escreve sobre seus sentimentos com coragem poética e, como diz, de maneira subversiva, “fazendo da Literatura um ato de resistência!”. A vezes, ela escreve sobre ela mesma e “estranhamente” parece me ler por dentro.

🌻 E amigas da vida: Gabriela Marchon, Karen Tsouroutsoglou, Fabiana Fernandes e vou parar, pois vai faltar espaço e rolar ciúmes. Rsrsr

Essas pessoas me ajudam através do conteúdo que compartilha, através do exemplo, através do suporte direto, através de projetos pessoais e profissionais conjuntos... Quem te inspira e motiva?

📌 Outra tática: Movimente-se!

A prática de exercícios físicos também proporciona bem-estar físico e mental. Eu escolhi andar de bicicleta e fazer caminhadas leves. São as atividades com as quais me identifiquei e adaptei. Cada um pode encontrar o exercício que melhor lhe motivar. Já fiz natação e adorava. Também tenho vontade de fazer algum ritmo tipo dança de salão.  E você?

📌 Expresse seu sentimento

Em uma enorme coincidência, recentemente, ao escrever um artigo sobre a importância de fazer planos para manter a esperança, eu relembrei e citei que ouvi primariamente a frase “Coragem é agir com o coração” na voz de Vera Natale em uma palestra online aqui na Comunidade Marketing de Gentileza.

Nesse meu texto eu falava sobre “planos” de um modo geral, seja profissional em um planejamento estratégico de gestão empresarial ou planejamento pessoal de expectativas para o futuro. Até que cheguei nessa perspectiva da importância de agir com sentimento, com emoção, com o coração – relembrando a Vera.

E a coincidência se renova, a pauta da palestra da Vera foi Escrita Criativa. E é, justamente, escrever que tem me ajudado a encarar meus medos, meus planos, minhas expectativas e as ações que preciso e estou realizando para tornar meus sonhos reais. É como melhor desenvolvo meu processo de autoconhecimento.

Escrever é espelho e é vitrine. Escrever envolve coragem de se expor, de criar uma conexão genuína. Tenham coragem! Escrevam!”, motiva Vera Natale.

Escrever é ainda minha profissão. Sou jornalista, formada em Comunicação Social e especializada em Marketing Educacional. Trabalho com produção de conteúdo e comunicação integrada e estratégica. E é através da entrega de conteúdo pessoal e autêntico e do networking que busco oportunidades de novos trabalhos.

Tem mais dicas para exercitar a sua coragem? Conta para mim!

A coragem, assim como outras habilidades interpessoais, precisa ser constantemente estimulada. Não é algo que se conquiste e pronto. A vida vai nos dando sempre novos desafios. Cada um exige que uma competência prevaleça. Por isso, o autoconhecimento é um exercício contínuo.

*** 🌻***

Relembrando, esse artigo é inspirado no e-book “Aprenda mais sobre você” da educadora e psicóloga  Laize Barros. Recomendo a leitura e a prática do exercício de autoconhecimento e autoliderança que a especialista propõe. E rumo a última etapa dessa jornada, resgato aquela famosa expressão:

"Se der medo, vai com medo mesmo". Coragem a gente pega no embalo. 💪🌻

#autoconhecimento #coragem #produçãodeconteúdo

Você pode se interessar por esses artigos:

04 passos para diagnosticar e adotar padrões de comportamento mais saudáveis e produtivos

Pilares da felicidade e/ou do bem-estar

Inteligência Emocional

 

Comunidade Marketing de Gentileza
Bianca Piquet
Bianca Piquet Seguir

Formada em Comunicação Social, Jornalismo, e pós em Marketing Educacional. Minha paixão está nas áreas da Educação e Ação Social. Sou freelancer produtora de conteúdo e analista de mídias sociais. Vamos compartilhar conhecimentos e experiências?

Ler conteúdo completo
Indicados para você