[ editar artigo]

Algumas maneiras de compartilhar o que é a sua marca pessoal e aumentar a visibilidade

Algumas maneiras de compartilhar o que é a sua marca pessoal e aumentar a visibilidade

Agora que o elemento da pegada digital da criação de marca pessoal foi resumido; faremos nossa jornada fora da tela.

Não basta apenas ter uma boa estratégia de mídia que retrate sua marca de uma forma e, depois, agir de forma diferente no dia a dia. Claro, você pode fazer isso. No entanto, se seu público fizer um contrato com esse alter ego, pode ser confuso e tornar sua marca pessoal mais fraca e menos confiável.

Sua marca pessoal é a combinação de quem você é, o que você faz e o que deseja fazer. Tudo o que você faz está associado à sua marca, e isso inclui o seu dia a dia.

 

CONSTRUA UMA REDE

Um de seus objetivos deve ser construir uma rede de conexões com outros jogadores-chave em seu setor. Ser amigo de pessoas de sucesso faz você parecer uma delas.

Se você conhece pessoas e aparece em pesquisas sugeridas ou postagens marcadas, não apenas será mais fácil para o seu público encontrá-lo, mas é provável que outros participantes do setor também o encontrem. Ter uma rede torna mais fácil para outros tipos de mídia que estão procurando algum recurso, para se conectar com você e compartilhar sua marca com o público deles.

Frequentemente, pessoas com marcas semelhantes à sua procuram especialistas para compartilhar ideias com o público deles. Portanto, tendo essas conexões, você pode aproveitar essas oportunidades.

As colaborações costumam ser mutuamente benéficas; então, você deve estar atento para entrevistas ou posições de convidados de blogs para ajudá-lo a alcançar mais consumidores em seu público.

Ser visto com marcas respeitáveis e confiáveis também faz você aparecer como tal.

Além de plataformas de rede como o LinkedIn (também, é claro, como outros locais de mídia digital), você pode aumentar o tamanho de sua rede participando de conferências e eventos do setor.

Lembre-se, não importa o que você sabe, a parte importante é quem você conhece. E você nunca sabe quem pode ter a próxima grande oportunidade para você.

CONSTRUA UMA COMUNIDADE ACESSÍVEL

Além de ter uma boa rede de conexões com o negócio, também é importante ter uma comunidade acessível para seu público. Para que sua marca pessoal seja bem-sucedida, você precisa que seu público confie em você e o respeite; eles farão isso se sentirem que você é uma pessoa real, não apenas um empresário.

Seu público vai querer se conectar com você como uma pessoa, não como um avatar sem nome e sem rosto.

Existem algumas maneiras de construir uma “comunidade” em torno de sua marca pessoal. Isso pode incluir a realização de eventos presenciais para se encontrar com seu público, ou, pelo menos, sessões ao vivo.

Começar um grupo no Facebook (e ser ativo nele) é uma ótima maneira de iniciar uma discussão e transmitir sua sabedoria em um nível pessoal. Até mesmo responder aos comentários em suas postagens de conteúdo é uma ótima maneira de ser visto como acessível e disponível.

Você também deve verificar se há opções de contato para seu público; isso inclui e-mails e mensagens. Você deve monitorar sua seção de comentários para estar atualizado sobre como seu público está respondendo ao seu conteúdo. Lembre-se de que muitas plataformas de mídia social mostram quando você esteve ativo pela última vez, ou mostram como você responde às mensagens; certifique-se de manter os tempos de resposta baixos para mostrar que você se importa e está disponível.

No final do dia, as pessoas se conectam com outras pessoas; o valor da conexão humana genuína não pode ser superestimado.

 

CARTÕES DE NEGÓCIOS

Bem, talvez os cartões de visita pareçam um conceito desatualizado, mas podem ser úteis para se investir. Você pode distribuí-los para novos sócios ou simplesmente repassá-los às pessoas quando os conhecer - mas de maneira profissional, é claro.

Alguns dos benefícios dos cartões de visita incluem o fato de serem uma maneira fácil de fornecer a alguém todos os seus detalhes em um local conveniente. Se você incluir todos os seus identificadores de mídia social, bem como outras maneiras de contatá-lo, seu público poderá chegar até você da maneira que preferir.

Os cartões de visita são um lembrete físico fantástico de sua marca pessoal. É mais difícil perder um pedaço de papel do que esquecer detalhes.

Detalhe: Como as pessoas pouco tem usado este recurso, você passar a ser “diferente” utilizando o cartão de visita físico e fugir do comum é estar aparecendo mais.

O design e a marca em seu cartão de visita devem ser consistentes com sua pegada digital, isso significa combinar fontes, logotipos e outros elementos estéticos de sua marca, lembrando que o menos é mais. Como esse exemplo de foto e no verso um QRCode que pode estar levando para um Linktree com todos seus contatos e mídias.

 

VESTINDO-SE BEM

Sua aparência pessoal deve corresponder à marca que você criou. Você é a personificação física da sua marca, então você precisa ter um visual que combine com a marca. Vestir-se bem é a melhor maneira de conseguir isso —  faz você parecer confiável e profissional. Você não precisa estar constantemente em um terno de três peças, mas ter orgulho de sua aparência mostra que você tem orgulho de sua marca.

 

COMPARTILHE SUA HISTÓRIA

Seu público quer fazer negócios com uma pessoa. Compartilhar sua história derruba as barreiras entre a pessoa de negócios e o ser humano.

Você deve compartilhar a história por trás de sua marca com seu público. Mostre a eles por que você é apaixonado, como está qualificado e o que deseja alcançar. Você pode incorporar isso em sua estratégia de conteúdo ou até mesmo incluir uma página “sobre” em seu site.

Humanizar-se e compartilhar sua história de vida, incluindo as dificuldades que você superou e o que o inspirou a se tornar a pessoa que você é, construirá uma forte conexão com seu público. Adiciona um nível de autenticidade e fará com que o seu público acredite em você e na sua marca pessoal.

Se for adequado para sua estratégia de marca ou programação de conteúdo, você deve compartilhar os elementos do seu dia a dia com o seu público. Isso não é essencial, mas é uma forma de construir uma conexão com seu público. Incluir insights do seu dia, mesmo algo tão simples como tomar um café da manhã, repercute nas pessoas e mostra que você leva a sério sua marca pessoal.

Claro, existe algo como compartilhamento em excesso. Você precisa parecer aberto e direto, mas ainda assim manter um certo grau de separação. Assim que estiverem engajados e se sentirem parte de sua vida, será mais provável que participem de sua marca no futuro.

Em resumo, você precisa garantir que suas ações e estilo de vida estejam alinhados com a imagem que deseja transmitir à sua marca. Levar aspectos de sua marca em sua vida cotidiana criará autoridade em seu trabalho. Mostra que você é sério e confiável - que sua visão de si mesmo é uma realidade, e não um esquema para ganhar dinheiro. Seu público quer saber que você se importa, tanto sobre eles quanto sobre sua marca.

Viver sua marca é a melhor maneira de fazer isso.

Estamos quase chegando ao fim de nossa série sobre a construção e expansão de sua marca pessoal. Aguarde nosso próximo artigo e caso tenha alguma dúvida, é deixar sua mensagem ;-)

Comunidade Marketing de Gentileza
Francisco Camargo
Francisco Camargo Seguir

Nascido em 1958 em Adamantina/SP, sou conhecido como Dinossauro Digital , estou Empreendedor Digital😉, paixão por ajudar aos outros, amo minha esposa Carolina, minha família de 5 irmãos, meu Pet Nikko e sou um espiritualista com Jesus no coração. 🙏

Ler conteúdo completo
Indicados para você