[ editar artigo]

4 mulheres que influenciaram o Brasil

4 mulheres que influenciaram o Brasil

A gente tem taaaaaaaaanto assunto pra levantar sobre ``DIA DAS MULHERES``... geralmente, eu dou uma militada mais ``feroz``, mas esse ano eu quis potencializar os grandes feitos de algumas mulheres brasileiras, em um momento onde elas conseguiam estar MUITO a frente do seu tempo. Vamos falar de coisa boa, sem ser Tekpix. 

Então se liga na história de 4 mulheres incríveis que mudaram o Brasil e que vão te dar uma dose extra de inspiração para a vida!  

As trajetórias são muito diferentes entre si, assim como as áreas de atuação: da música à política, das artes plásticas à TV, etc. O que quase todas têm em comum foi a luta por reconhecimento e pelos direitos da mulher.

Felizmente, o Brasil é um país repleto de mulheres que fizeram e marcaram história e devem ser lembradas diariamente, não apenas no 8 de março. Por isso, preparei uma lista bem didática e rapidinha. 


1)Maria Quitéria 



Uma baiana arretadíssima: Maria Quitéria.

Quitéria fugiu de onde morava com a família e, sob uma identidade masculina, se alistou ao exército brasileiro e se tornou uma combatente na Guerra da Independência do Brasil na Bahia. Em 1822.

Atacou a longa e opressiva tirania e a humilhação de Portugal!

Quando eu morava no Rio de Janeiro, sempre que passava pela Rua Maria Quitéria, em Ipanema, eu me arrepiava inteira.

Por saber o quanto a frente do seu tempo ela estava. Não chegou a frequentar escolas, as jovens aprendiam só a cozinhar e cuidar da casa. Poucas eram as que sabiam ler e escrever.

Desde cedo ela demonstrava habilidade pro combate, e assim mostrou pro  que veio ao mundo!

Sua coragem nos campos de batalha fizeram dela, não apenas a primeira mulher no Exército brasileiro, mas uma heroína da Independência da Bahia e do Brasil.

Só em 2018, seu nome foi inscrito no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria, que fica no Panteão da Pátria, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Orgulho demais <3❤️
Foi na faculdade que ouvi falar dela pela primeira vez na minha vida. Você já conhecia Maria Quitéria?


2) Elza Soares


``Já passou o tempo de sofrermos caladas. Está na hora de gritar’’.
Elza Soares. 

Um ícone pra uma geração de mulheres que, como ela, se assume feminista!

A história de Elza, diva da música brasileira, é marcada por muitas dores: mãe aos 13 anos, viúva aos 21, onde só aí conseguiu seguir carreira, ela nasceu na favela, passou fome, perdeu 3 dos 7 filhos que teve, foi julgada por se relacionar com um dos principais craques do futebol, foi acusada de acabar com o casamento dele e recebeu ameaças de morte na época.

Foi uma das primeiras artistas feministas do Brasil a levantar a bandeira LGBT e da negritude.

Trabalhando como faxineira, sozinha e sem expectativa de uma vida melhor, vislumbrando seu sonho artístico cada vez mais longe e inacessível, resolveu lutar e não desistir.

Com o tempo, e com sua voz de outro mundo, ela acabou sendo convidada para aparecer na TV. Em 1960 conseguiu realizar seu sonho de trabalhar com a música e  nesse mesmo ano fez sua primeira turnê internacional, e percorreu os países da América do Sul/ Norte e Europa.

Não foi à toa que se transformou em uma figura marcada pela coragem!

Em 2020, Elza Soares foi enredo da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel cujo enredo foi Elza Deusa Soares. E não é que Elza é uma deusa mesmo?

3)Maria da Penha




1983. Acordada com um estouro no quarto. Assustada, tentou se mexer, mas não conseguia. Maria da Penha levou um tiro. Tenho certeza que você já ouviu falar dessa história!

O marido criou uma versão da história: quatro assaltantes entraram na residência.

A vítima acreditou por algum tempo no suposto assalto, até o dia em que as incoerências de Marco Antônio, economista e professor universitário colombiano, vieram à tona nas investigações.

Após vários exames, ela recebeu uma notícia que mudou sua vida: não conseguiria mais andar devido à tentativa de assassinato.

Ela voltou para casa, 15 dias de cárcere privado, e o marido fez uma nova tentativa de assassinato ao tentar eletrocutá-la durante o banho.

O caso gerou tanta repercussão que o Brasil foi notificado, mas permaneceu em silêncio, resultando na condenação internacional do Brasil por negligência, omissão e tolerância à violência doméstica e familiar contra as mulheres brasileiras.

Em 2002, iniciaram estudos pra um projeto de lei. Em 2004, o Projeto foi encaminhado ao Congresso, com algumas alterações, a Lei N. 11.340/2006, conhecida como LEI MARIA DA PENHA foi sancionada e publicada em 2006, entrando em vigor no mesmo ano.

Uma mulher que sobreviveu, e hoje ajuda muitas outras a sobreviverem.

4) Carmem Miranda




Miranda é conhecida por seus exóticos figurinos e chapéu com frutas que ela costumava usar em seus filmes estadunidenses, que fez deles sua marca registrada.

Sua imagem se tornou a personificação de um exotismo latino-americano genérico que foi abraçado como singular e peculiar pelo público dos EUA e rejeitado como inautêntico e paternalista por brasileiros.De fato, por todos os estereótipos que enfrentou ao longo de sua carreira, suas apresentações fizeram avanços na popularização da música brasileira, ao mesmo tempo, abrindo o caminho para o aumento da consciência de toda a cultura Latina.

Carmen Miranda foi a primeira artista latino-americana a ser convidada a imprimir suas mãos e pés no pátio do Grauman's Chinese Theatre, em 1941. Ela também se tornou a primeira sul-americana a ser homenageada com uma estrela na Calçada da Fama.

A sua figura, para muito além da música, seria uma influência permanente na cultura brasileira, da Tropicália ao cinema.

Carmen estudou na escola de freiras Santa Teresa, na Lapa. Teve o seu primeiro emprego aos 14 anos numa loja de gravatas, e depois numa chapelaria. Contam que foi despedida por passar o tempo cantando e era assim que ela atraía clientes. 
Vai entender, né? Tanto motivo passa na minha cabeça pra essa demissão. 


Curtiu o conteúdo sobre nossas mulheres incríveis? Conhecia todas? Qual delas mais te inspira? 

Ah... eu deixei uma das mulheres que escolhi pra falar todo dia como ``uma surpresinha``. Nessa lista eu escolhi 5 pra poder falar de uma por dia la no meu Linkedin. Entao, na sexta-feira, eu coloco o conteúdo surpresa la. 

Não me segue? Pera aí... só clicar aqui.

Beijocas.

 

Comunidade Marketing de Gentileza
Ler conteúdo completo
Indicados para você