[ editar artigo]

4 lições valiosas sobre marketing que a série Mad Men nos ensina

4 lições valiosas sobre marketing que a série Mad Men nos ensina

Minhas maiores fontes para a produção de conteúdo são filmes, músicas e séries. É incrível como podemos aprender e obter insights com diversas produções audiovisuais, até mesmo aquelas que não abordam diretamente a área do marketing.

Como uma boa apaixonada por séries, venho aqui compartilhar quatro lições valiosas que aprendi com a série Mad Men, uma das minhas favoritas do serviço de streaming Netflix.

A série, exibida na televisão norte-americana entre os anos 2007 e 2015, retrata o mundo da publicidade nos anos 60 e conta a história do diretor de criação de uma agência de publicidade, Donald Draper — para os íntimos, Don Draper.

Nos primeiros episódios, já fica perceptível que o protagonista não é lá um “cara exemplar”: é mulherengo, não ajuda muito nas tarefas domiciliares, não tira o cigarro da boca e já inicia o dia bêbado, rs. 

Apesar disso, suas competências e habilidades profissionais são incomparáveis. Nascido em uma família cheia de problemas, foi abandonado cedo, batalhou e trabalhou duro em alguns empregos até que conseguiu o sonhado emprego na área da publicidade, criou campanhas geniais, conquistou os clientes mais difíceis de lidar e se tornou dono do próprio negócio.

Essa é uma daquelas séries que a cada episódio você consegue extrair algo interessante e que todos os personagens têm algo a te ensinar. Por isso, resolvi compartilhar aqui as lições que aprendi com essa série espetacular! Vamos lá?

Respeite seu tempo e sua trajetória

Para o protagonista, as ideias não aparecem imediatamente, e sim quando menos esperamos. Em um episódio, Don fala sobre “descanso cerebral” para a personagem Peggy Olsen: "Pense sobre o tema da campanha profundamente e aí se esqueça disso. Uma ideia vai aparecer na sua cara." 

Também podemos aprender muito sobre respeitar seu próprio tempo e sua trajetória com a Peggy, que jamais pensou que não poderia alcançar seu sonho de se tornar publicitária no mundo corporativo dominado por homens em 1960.

Apesar de sua família sempre dizer que ela não deveria trabalhar e sim arranjar um marido, Peggy é um exemplo sobre como aproveitar ao máximo cada oportunidade pode ajudar (e muito!) no seu grande objetivo de vida.

Humanize sua marca

Um dos meus pontos favoritos da série é como eles valorizaram a habilidade do Don em usar emoções para envolver cada cliente de forma singular. Don sabia como utilizar suas experiências pessoais para se conectar com os clientes e qual história contar para encantá-los.

Produtos, serviços e eventos são experiências. A experiência que você passa é capaz de humanizar sua marca e gerar uma aproximação maior do público com o que você oferece. Você, melhor do que ninguém, conhece seu produto. Sabe para que serve, para quem é indicado e como vai impactar na vida do consumidor.

Quanto mais humana é a sua marca, maiores são as chances de criar conexões reais com os clientes certos. Não à toa que rapidamente Draper se tornou a “cara” da agência — todos queriam conhecer de perto a pessoa responsável pelo sucesso da empresa.

Conheça e escute seus clientes

Um dos pontos que preciso destacar é a atenção especial e personalizada que Draper dava para cada cliente da agência. Ele tinha o feeling de conseguir entender o que cada cliente quer e entregar algo que vai além.

A série mostra como Draper valoriza o processo antes de apresentar sua proposta para cada cliente, que é tão importante quanto as reuniões com eles. O protagonista conseguia sentir, levando em conta o objetivo e a satisfação das marcas que procuravam a agência, qual tipo de discurso ele deveria usar naquele momento e com aquelas pessoas.

Valorize sua equipe

Ao longo da série, Don cresce rapidamente na agência e se torna um líder sólido. Porém, quando percebe que não consegue dar conta de tudo sozinho, ele se alia a Peggy, em quem enxerga um grande potencial profissional. 

Logo, começa a criar sua equipe e delegar funções, sem deixar de valorizar ao máximo o lado criativo de cada um. Por isso, sempre ouça o que sua equipe tem a dizer. Brainstorm rocks!

Mad Men é recheada de insights e lições incríveis, sem perder a graça de uma série que flui perfeitamente e que te envolve do início ao fim. Não só para os profissionais de marketing e comunicação, essa série tem algo a ensinar para todo mundo!

Conta aqui quais outras séries você recomenda!

Comunidade Marketing de Gentileza
Luiza Mose
Luiza Mose Seguir

Entusiasta da vida e publicitária curiosa. Sou estudante de Publicidade e Propaganda na UFRJ e estagiária de Marketing Digital aqui no Marketing de Gentileza! Acredito que a colaboração é a melhor forma de construir um mundo mais humano. Bora?

Ler conteúdo completo
Indicados para você